Instituto de Estudos da Linguagem - IEL
Loading
Página inicial | Contato | Mapa do site | WEBMAIL | Serviços
Pós-graduação Institucional | Graduação | Pós-graduação | Pesquisa | Publicações | Extensão | Biblioteca | CEDAE | Informática | Departamentos
 
Informações gerais
Programas
Processo Seletivo
Disciplinas
Docentes
Estudante Especial
Estudante Estrangeiro
Pós-doutorado
Calendário Escolar
Catálogos
Sipex/Lattes-CNPq
Relatório de Atividades
Auxílio Financeiro
PED
Egressos
Teses/Dissertações
Exame de Qualificação
Declaração/Atestado
Recursos Financeiros
 
Lingüística Aplicada - Processo Seletivo 2003

Angela Del Carmen Romero Bustos de Kleiman

Língua Materna

Áreas de atuação e orientação:

Estudos sobre a escrita em diversos contextos de aprendizagem, tais como alfabetização de adultos e formação do professor de língua materna.
- compreensão da escrita: ensino de leitura; a formação do professor leitor, estudos do letramento
- análise da interação na aula de português: interação na aula de leitura, co-construção do conhecimento sobre a escrita

Na pesquisa, são utilizadas metodologias de coleta de dados qualitativas com fundamentação na etnografia e na sociolingüística interacional e metodologias analíticas subsidiadas pela sociolingüística interacional, pelos enfoques sócio-cognitivos da compreensão e pelos estudos do letramento.

Publicações

(a) Livros e coletâneas:

1. Kleiman, A. B. & Moraes, S. (2001) Leitura e Interdisciplinaridade. Tecendo redes nos projetos da escola. Campinas, S.P.: Mercado de Letras, 2a. edição. (1a. ed. 1999).
2. Kleiman, A. B. & Signorini, I. (2001) (orgs.) O ensino e a formação do professor. Alfabetização de jovens e adultos. Porto Alegre: Artes Médicas, 2a. edição. (1a. ed. 2000).
3. Kleiman, A. B. (2000)Texto e Leitor: Aspectos Cognitivos da Leitura, São Paulo, SP: Editora Pontes. 7ª edição. (1a. ed. 1989).
4. Kleiman, A. B. (1999) Oficina de leitura. Teoria e Prática. Campinas: Pontes e Editora da UNICAMP. 7a. Edição. (1a. ed. 1989)
5. Kleiman, A. B.(1996) Leitura: Ensino e Pesquisa, São Paulo, SP: Editora Pontes.2a. edição (1a. ed. 1989).
6. Kleiman, A. B. (1995) (org.) Os Significados do Letramento. Novas perspectivas sobre a prática social da escrita. Campinas, S.P.: Mercado de Letras.
7. Kleiman, A. B. (1991) (org.) Interações Assimétricas, Número Especial Temático Trabalhos em Lingüística Aplicada 18. UNICAMP: IEL.

(b) Capítulos de livros

8. Kleiman, A. B. (1999) Concepções da escrita na escola e formação do professor, IN Valente, André. (org.) Aulas de português. Perspectivas Inovadoras. Rio de Janeiro: Editora Vozes, 67-82.
9. Kleiman, A. B. (1998) Ação e Mudança em sala de aula. Uma pesquisa sobre letramento e interação, In: Rojo, R. (org.). Alfabetização e Letramento. Perspectivas lingüísticas. Campinas, SP: Mercado de Letras, 173-203.
10. Kleiman, A. B. (1998) Schooling, Literacy and Social Change: Elements for a Critical Approach to the Study of Literacy, in Oliveira, M.K. & Valsiner, J. (orgs.). Literacy in Human Development, New York: Ablex, 284-304.

Projetos de pesquisa vigentes:

Letramento do professor: implicações para a prática pedagógica.
Coordenadora: Angela B. Kleiman.
Bolsas de Produtividade à Pesquisa (I-A) e Iniciação Científica.
Projeto Integrado CNPq. 08/2000 - 07/2002.

Teses e Dissertações orientadas, já defendidas:

Mestrado

1. Nice M. A. Jorge. 1978. Aspectos Semânticos e Pragmáticos do Verbo Poder. PUC, Campinas.
2. Ida Mekler. 1979. "Significado Convencional e Significado Implicado: A Evidência de Construções Causativas com e. PUC, Campinas.
3. Doraci K. Lopes. 1981. Teoria e Aplicação. Uma Visão Crítica de um Modelo de Processamento de Sentença. UNICAMP, Campinas.
4. Denise B. Braga. 1982. A Explicitação de Predicados Retóricos e Saliência da Informação na Retenção do Texto Didático. UNICAMP, Campinas.
5. Ivone Mantoanelli. 1982. Tempo e Aspecto Verbal em Francês e Português. UNICAMP, Campinas.
6. Ana Luiza M. Garcia. 1984. Argumentação e Redação Escolar. UNICAMP, Campinas.
7. Ana Silvia do Couto Abreu. 1990. Tarefas de Leitura e a Concepção do Texto Expositivo pela Criança de 3a. série, UNICAMP, Campinas.
8. Patricia H. Franzoni. 1991. Nos Bastidores da Comunicação Autêntica. Uma reflexão em Linguística Aplicada, UNICAMP, Campinas.
9. Terezinha M. Moraes. 1991. Progressão Temática e Redação Escolar, UNICAMP, Campinas.
10. Maria Alice Descardeci. 1992. O Concurso Público: um Evento de Letramento em Exame. UNICAMP, Campinas.
11. Maria de Lourdes Meirelles. 1994. A Formação Contínua do Professor em Língua Materna e seus Reflexos na (re)configuração da Praxis, UNICAMP, Campinas.
12. Cibele Oliveira, 1994. O Alfabetizador e a Leitura: Análise de uma Experiência de Formação em Serviço. UNICAMP, Campinas.
13. Maria Angélica L. Carneiro. 1997. O papel do professor na construção da prática social de leitura, UNICAMP.
14. Maria Célia Cence Lopes. 1997. O uso de estratégias cognitivas e metacognitivas no ensino/aprendizagem da leitura no 1° grau: uma proposta de intervenção, UNICAMP, Campinas.
15. Simone Bueno Borges da Silva. 1999. Leitura, literatura e alfabetização de adultos. UNICAMP, Campinas.
16. Deborah Christina Pereira da Costa. 2001. A construção de gêneros secundários na educação infantil: a emergência dos gêneros Notícia e Verbete. UNICAMP, Campinas.

Doutorado

1. Leda V. Tfouni. 1986. Adultos não Alfabetizados: O Avesso do Avesso, Departamento de Lingüística, UNICAMP, Campinas.
2. Sylvia Bueno Terzi. 1992. Ruptura e Retomada na Comunicação. O Processo de Construção de Leitura por Crianças de Periferia. Departamento de Lingüística, UNICAMP, Campinas.
3. Julia H. Sanchez. 1997. "Las lenguas que me enredan": Rumo a um planejamento de educação bilingüe castelhano-mapundungum. Departamento de Lingüística, UNICAMP, Campinas.
4. Ivani A. Pereira. 1997. A Oralidade letrada de lideranças não-escolarizadas. Departamento de Lingüística, UNICAMP, Campinas.
5. Maria de Lourdes Meirelles Matencio. 1999. Estudo da língua falada e aula de língua materna: uma abordagem processual da interação professor-alunos. Departamento de Lingüística Aplicada, UNICAMP, Campinas.
6. Ana Lúcia Guedes Pinto, A.L. (2000) Rememorando trajetórias da professora- alfabetizadora: a leitura como prática constitutiva de sua identidade e formação profissionais. Departamento de Lingüística Aplicada, UNICAMP: Campinas.

Orientações em andamento:

1. Ana Lúcia Almeida. A constituição do professor como sujeito-leitor e as repercussões de suas experiências de leitura nas práticas discursivo-pedagógicas. Doutorado, CNPq.
2. Samuel Pereira Campos. Práticas de letramento em escolas de assentamento rural: uma experiência no sul do Pará. Doutorado, CNPq.
3. Simone B. Borges da Silva. Os discursos didáticos na escola e a formação do alfabetizador. Doutorado, CNPq.
4. Luciana Manero Magalhães. Formação continuada do alfabetizador e seus reflexos na prática. Doutorado, CAPES-PICD.
5. Eveline Mattos Tápias Oliveira. Metacognição e produção textual. Elementos para a formação do professor. Doutorado, CAPES-PICD.
6. Elisabeth Marcia Ribeiro Machado. Leitores e não leitores na Quinta série: cenas de compreensão e gêneros. Mestrado. CAPES.
7. Regina Maria Seco De Miranda Valverde. Interação na língua materna: relações com o ensino e a aprendizagem de matemática. Mestrado. CAPES.
8. Luzia Bueno. Diversidade de gêneros e o ensino de leitura em alguns livros didáticos para o ensino fundamental. Mestrado.
9. Fabiana Aparecida de Souza, Estratégias de leitura e o perfil do alfabetizador. Iniciação Científica, CNPq.
10. Maria Paula de Castro Santos Estratégias de leitura de textos de opinião do alfalbetizador em formação. Iniciação Científica, CNPq.


Carmen Zink Bolonhini

Língua Estrangeira e Segunda Língua / Tradução

Área de atuação e orientação

1. Ensino/aprendizagem de LE: aspectos sociais, culturais, ideologicos e históricos;
2. Educacao bilingue: aspectos sociais, culturais, ideologicos e históricos;
3. Traducao: investigação de aspectos sociais, culturais, ideologicos e historicos.

Publicações

1. 1994 "Die schriftliche Presse im Aufbau dea Stereotypen in Brasilien "em IDV - Rundbuch nº 53 pg 29-36.
2. 1995: "O IV Congresso Brasileiro de Lingüística Aplicada" – em Projekt.
3. 1996: "As Relações de Contato Brasil-Alemanha" - em RUNA Revista Portuguesa de Estudos Germanísticos n. 26 pp 863-869.
4. 1997: "A História das Relações de Contato entre Brasileiros e Alemães e seus Reflexos na Conversação" – em Sínteses, nº 2. Pp. 53-60
5. 1998: "Relações de Contato Conversacionais entre Executivos Brasileiros e Executivos Alemães: Considerações a respeito de Memória histórica de cada um a Exemplo do uso de perguntas" em Projekt 1 fac. 27/28.
6. 1998: "Warum so viele fragen? Erklärungen in der Geschichte und in der Ideologie" em Deutsch als Fremdsprache Weltweit Interkulturell Volksbildung Verlag pp 199-203 Alemanha.
7. 1999: "Relações de contato: a questão da cultura" em TLA n. 32
8. 1999: "A historia e a ideologia" em Revista de estudos Germanicos, vol.3:1 pp 315-331. USP S.P.
9. 2000: "O Poder definindo a cultura" em Anais IV Congresso brasileiro de professores de alemao, vol 1 pp 107-110
10. 2001: "Historie und Ideologie in Interkultureller Kommunikation" em Deutsch als Fremdsprache, n. 38:1.

Projetos de Pesquisa

1. "Aspectos sócio-culturais, históricos e ideológicos no ensino/aprendizagem de línguas".
2. "Enciclopédia das línguas do Brasil" PROAP
3. "Imagens do Brasil em textos literários escritos por imigrantes alemães" CNPq
4. " Discursividade e pedagogia de Linguas" CNPq
5. "Historia das ideias linguisticas"

Orientações

Dissertações de Mestrado em andamento

1. Juliana Santanna de Castro
2. Victoria Vivac
3. Enio

Iniciação Científica

1. Gabriele de Souza e Castro Schumm - Fapesp


Celene Margarida Cruz

Língua Estrangeira e Segunda Língua

1. Ensino de segunda língua
    - Metodologia de ensino de segunda língua;
    - Fatores culturais no ensino de segunda língua
2. Ensino de português como segunda língua;
3. Questões relativas ao ensino de francês;

Publicações

1. "O texto literário em uma classe de língua estrangeira" – Didáctica da Língua e da Literatura – Actas do V Congresso Internacional de Didáctica da Lingua e da Literatura – Instituto de Língua e Literatura Portuguesas da Faculdade de Letras de Coimbra – pags 401-406 – Ed. Almedina – Coimbra – Protugal – maio de 2000.
2. "Discurso e subjetividade na aquisição de línguas estrangeiras" - Cadernos de Estudos Lingüísticos- número 38- páginas 33 a 37 – Departamento de Lingüística – Instituto dos Estudos da Linguagem – UNICAMP – Campinas, primeiro semestre de 2000.
3. Tradução "Sobre a (des)construcao das Teorias Lingüísticas" Revista Línguas e Instrumentos Lingüísticos - no.2 -pg. 07 a 32 - Ed. Pontes- Dezembro/98.
4. "Leitura, literatura e questões interculturais na aula de francês-língua estrangeira" (em colaboração) - XXVII Anais do GEL, UNESP-IBILCE, São José do Rio Preto, 1998.
5. Tradução (em colaboração) "CRÍTICA TEXTUAL E HISTÓRIA CULTURAL o texto e a voz, séculos XVI-XVII" - Leitura: Teoria & Prática/Associação de Leitura do Brasil n° 30, Dez.(1997) semestral, ISSN 0102-387X, Mercado Aberto ,1977.
6. Tradução (em colaboração) do livro Contribuição à Psicopatologia dos Ataques de Pânico, ISBN 85.85561-5-1, Editorial Lemos, S.P., outubro de 1997.
7. "Da Literatura em língua estrangeira (francês) à formação do leitor em língua materna (português-brasileiro)" –IV Anais do Congreso Internacional de la Sociedad Española de Didáctica de Lengua y la Literatura- Barcelona, 1997
8. "Afasia em poliglota: reconstruindo cruzamentos lingüísticos" (estudo de caso) (em colaboração) - XXVI Anais do GEL, UNICAMP, Campinas, 1997.
9. Il était une fois (em colab.), Campinas: Editora da UNICAMP, 1996. (Pesquisa sobre utilização de material para ensino de francês, que culminou com a elaboração do livro Il Etait une Fois (coletânea de textos franceses) - publicado pela Editora da Unicamp em 1996.
10. Tradução (em colaboração) "Heterogeneidade(s) enunciativa(s)" - Cadernos de Estudos Lingüísticos, n° 19 - DL/IEL/UNICAMP, 1991.

Projeto de Pesquisa

Encore une fois
Pesquisa realizada com Professores do Centro de Ensino de Línguas
(Clémence Marie Jouët-Pastré e Milton Arruda)

Orientações

1. Co-orientadora de Rinaldo Vitor da Costa - Mestrado em Lingüística Aplicada. Título: "A dificuldade de aprendizagem de língua estrangeira em Diário de um Cucaracha". Início: 26/04/95. Conclusão: 22/08/97. Agência: CNPq
2. Orientadora de Edilene Cristina Narezzi - Mestrado em Lingüística Aplicada. Título: " O Poder em Sala de Aula: Disputas, Amenização e Sedução". Início: março de 1996. Conclusão:02/07/98. Agência: CNPq.


Denise Bértoli Braga

Língua Materna / Língua Estrangeira e Segunda Língua

Áreas de atuação e orientação:

1. Ensino de línguas mediado por computador
    - o uso de materiais didáticos em diferentes situações de ensino
    - interação pedagógica no contexto digital.
    - inserção do computador na aula de língua.
2. A linguagem no meio digital.
    - novos gêneros textuais.
    - aquisição de letramento digital

Publicações:

Ensino a distância e linguagem em meios eletrônicos

1. Braga, D. B. e J. Busnardo (1997) " Acquiring reading through self-tutoring processes" Meyer, F., A. Bolívar, J. Febres, M. Bonett de Serra (eds) ESP in Latin America, Universidad de los Andes, CODEPRE, Mérida, Venezuela p. 157-162, 1997 (www.unicamp.br/iel/readweb)
2. Braga, D. B. (1997) Ensino de língua via leitura: uma reflexão sobre a elaboração de material didático para auto instrução Trabalhos em Línguística Aplicada n.30 p. 5-16. (www.unicamp.br/iel/readweb)
3. Braga, D. B. (1999) Self-Tutoring Processes: The Role of Subjective Factors in Readiness for Autonomous Learning of Foreign-Language Reading The ESPecialist, vol. 20, n.1 p. 58-75, 1999. (www.unicamp.br/iel/readweb)
4. Braga, D. B. (1999) Aprendendo a ler na rede: a construção de material didático para aprendizagem autônoma de leitura em inglês ,1999 (http://www.Abed.org.br)
5. Braga, D. B. (1999) A constituição híbrida da escrita na internet: a linguagem nas salas de bate papo e na construção dos hipetextos . Leitura: Teoria e Prática, n.34 p. 23-29
6. Braga, D.B(2000) A linguagem pedagógica no meio eletrônico e a elaboração de materiais para a aprendizagem independente de leitura em língua estrangeira (no prelo)
7. Braga, D.B e L.A.Costa (2000) O computador como instrumento e meio para o ensino aprendizagem de línguas Trabalhos em Linguística Aplicada , n.36 p. 61-79.
8. Collins, H. e D.B. Braga (2201) Interação e Interatividade no Ensino de Língua Estrangeira via redes de comunicação (no prelo).

Projeto de Pesquisa:

Read in Web: www.unicamp.br/iel/readweb

Dissertações de Mestrado já defendidas:

1. Cármen Cibele Ferreira (1998). Discussão sobre o ensino de leitura de textos literários: O desempenho dos candidatos na prova de Literaturas de Língua Portuguesa do Vestibular UNICAMP, UNICAMP, Campinas.
2. Monica Oliveira Santos (2000). Telecurso 2000: reflexões sobre a incorporação da oralidade na aula de português em uma proposta de ensino a distância, UNICAMP, Campinas.
3. Sônia Maria Mastrocola Gazeta (2000). A interação na internet: A influência das Novas Tecnologias da Comunicação na Constituição de Novos Gêneros Discursivos, UNICAMP, Campinas.
4. Marcelo El Khouri Buzato (2001). O letramento eletrônico e o uso de computadores no ensino de língua estrangeira: contribuições para a formação de professores, UNICAMP, Campinas.
5. Janete Silva dos Santos (2001). As perguntas de compreensão nos livros didáticos. Uma e três estrelas – O que mudou?, UNICAMP, Campinas.

Dissertações de Mestrado em andamento:

Sueli Nogueira da Rocha: Construção de Sentidos em textos acadêmicos em inglês dentro de contextos interacionais distintos: presencial e lista de discussão em rede.

Lúcia Alves da Costa: A interação do aluno com material didático na aula de leitura em contextos pedagógicos distintos: presencial e virtual.

Pesquisa de iniciação científica

Alain Pierre Alban François: Espaços colaborativos como uma alternativa para testes preliminares de material concebido para auto-instrução mediada por computador.


Elza Taeko Doi

Língua Estrangeira e Segunda Língua

Áreas de atuação e orientação

1. Oralidade no ensino/aprendizagem de L2/LE
2. Estudo do Japonês
    - ensino do japonês como L2/LE e análise da língua japonesa
    - estudo das manifestações orais e escritas de imigrantes japoneses residentes no Brasil

Projetos de pesquisa vigentes

1. A produção escrita dos japoneses imigrantes no Brasil: análise dos ensaios publicados nos jornais nipo-brasileiros.
2. A gramática do japonês: análise e discussão das teorias gramaticais japonesas
    (Yamada, Hashimoto, Tokieda, Watanabe) (Projeto Fundação Japão)
3. Estudo contrastivo entre o japonês e o português
    Análise de erros verificados nas redações de aprendizes de japonês: implicações para o ensino da língua.

Publicações:

1. A Interferência Fonológica no Português Falado pelos Japoneses na Região de Campinas (SP), Dissertação de Mestrado, IEL/Unicamp, 1983.
2. Arte da Lingoa de Iapam e Arte Breve da Lingoa Iapoa, de Pe. João Rodriguez ^Ö A Pronunciação do Japonês e a Ortografia. Estudos Portugueses e Africanos, 11. Campinas: IEL Unicamp, 1988.
3. HAIKAI ^Ö Antologia e História. Campinas: Editora da Unicamp, 1990. (co-autoria com Paulo Franchetti e Luiz Dantas)
4. As Formas de Tratamento do Japonês: Seu Funcionamento. Cadernos de Estudos Lingüísticos, 21. Campinas: IEL Unicamp, 1991.
5. A Realização das Moras "Especiais" do Japonês no Desempenho de Falantes Brasileiros. Estudos Japoneses, 15. S.Paulo: Centro de Estudos Japoneses da USP, 1995.
6. O Papel dos Dados Limite na Avaliação das Análises Propostas pela Fonologia Métrica para o Ritmo do Japonês. Letras de Hoje, 104. Porto Alegre: PUCRGS, 1996.
7. Inferência e Leitura em Língua Estrangeira: Reflexões sobre uma Questão de Inglês do Vestibular-Unicamp. Alfa ^Ö Revista de Lingüística 40. São Paulo: UNESP, 1996. (co-autoria com Suely F. Bechara e Vandersí S. Castro)
8. O Erro como um Ponto de Reflexão sobre o Processo de Leitura em Língua Estrangeira. Trabalhos em Lingüística Aplicada 25. Campinas: IEL Unicamp, 1996. (co-autoria com Vandersí S. Castro)
9. Totoro (tradução). Socio-linguistic Studies on Spoken Japanese through Audio Visual Materials. Tokyo Gakugei University, Tóquio, 1996.
10. O Ritmo bimoraico e as moras não-plenas do japonês: reflexões sobre o ensino da língua oral. Trabalhos em Lingüística Aplicada 36. Campinas: IEL Unicamp, 2000.

Orientações

Dissertações de Mestrado em andamento

1. Verônica Neugebauer (2001). O tratamento do erro oral na aula de inglês como língua estrangeira.


Eunice Ribeiro Henriques

Áreas de atuação e orientação:

Publicações:

1. "O Japonês em Situação de Pseudo-Imersão: O Uso dos Pronomes Pessoais", Revista Internacional de Língua Portuguesa, Nºs 5-6, 1991, 45-52.
2. "O Papel da Língua Materna na Aquisição de Segunda Língua", Letras, 10 (Nºs 1-2), 1991, 165-182.
3. "Preposições: por que são difíceis para aprendizes estrangeiros?", Revista Internacional de Língua Portuguesa, julho 1992, nº 7, 118-130.
4. "Aquisição de língua, aquisição de cultura", Crossroads, UCLA (USA), 1994, pp. 38-48.
5. "Learning and Teaching Styles in Foreign and Second Language Education", Foreign Language Annals, 28, nº 1, 1995, 21-31.
6. "Avaliação de textos argumentativos,"Anais do IV Congresso Brasileiro de Lingüística Aplicada, 1996, pp. 416-420.
7. "Intercompreensão de texto escrito por falantes nativos de português e de espanhol", Publicação da Universidad de la República, Montevidéu, Uruguai, 1997, pp. 1-6.
8. "A intercompreensão de textos escritos em português e espanhol por estudantes universitários no âmbito do Mercosul: implicações para o ensino/aprendizagem", UNIÃO LATINA, 1998, pp. 1-37.
9. Interagindo em português, livro de português para falantes de outras línguas, 2 volumes (no prelo).
10. Comparing and Contrasting Brazilian and North-American Cultures, livro de inglês, preparado para um curso de especialização para professores de inglês, à distância. PUC-MG, 2000.

Projeto Em Andamento:

"Aquisição/aprendizagem e ensino de línguas: uma perspectiva lingüístico-cultural", Pesquisa de Pós-Doutorado, sob a orientação do Prof. Jürgen Heye, Departamento de Lingüística, PUC-RJ.

Orientações:

Mestrado

1. Maria Emiko Suzuki, "O japonês em situação de pseudo-imersão: o uso dos pronomes pessoais" , 14 de março de 1990 (defesa).
2. Eun Suk Lim, "Aquisição da preposição `de´ por um falante de língua posposicional", 28 de fevereiro de 1991 (defesa).
3. Myriam J. Serey-Leiva, "Falsos cognatos em português e espanhol" (defesa: 20 de dezembro de 1994).
4. Izaura Maria Lemos, "Interação nativo/não-nativo" (22 de dezembro de 1994, defesa).
5. Sylvia Helena Heinrich, "O papel dos estilos de ensino e de aprendizagem na interação professor/aluno", 29 de setembro de 1993 (defesa).
6. Maria Lúcia Mercante Naddeo, "Processo de construção da aula de segunda língua", 2 agosto de 1995 (defesa).
7. Maria Suely Goldstein, "Comunicação intercultural entre professores (alemães e brasileiros) em situação de macro- e de micro-imersão" (12/4/1997).

Iniciação Científica

1. Alessandra Vaz de Almeida, FAPESP, 1994-1995
2. Cláudia Dourado del Salces, FAPESP, 1994-1995.
3. Maria Lúcia Macedo, FAPESP, 1994-1995.
4. Luciana Savioli Lujan, FAPESP, 1994-1995.
5. Simone Hashiguti, FAPESP, 1994-1995.
6. Thaís Albuquerque Katayama, FAPESP, 1996-1997.
7. Luciana Garutti, FAPESP, 1996-1997.
8. Patrícia Helena Mattenhauer, SAE (UNICAMP), 1996-1997.


Inês Signorini

Língua Materna

Subáreas de atuação e orientação:

1. Letramento, Lingüística e ensino da língua materna:
    - implicações da teoria do letramento para a teoria lingüística (conceito de língua; relação fala/escrita);
    - implicações da teoria do letramento para o ensino da língua materna (aquisição da leitura/escrita, estudo da gramática; formação do professor);
    - crítica à teoria do letramento.
2. Escrita, língua(gem) e identidade
    - implicações da teoria do letramento para o estudo da questão da identidade;
    - letramento e subjetivação política;
    - escrita e processos de subjetivação.

Publicações

1.Signorini,I. (1999a) Os estudos sobre identidade e língua(gem) em Linguística Aplicada. In: Barros, K. S. M. (org.) Produção textual: interação, processamento, variação. Natal: Editora da UFRN: 63-67.
2. Signorni, I. (1999b) O oral na escrita de sujeitos não ou pouco escolarizados. Leitura: teoria & prática 34 (18).
3. Signorini, I.(1998a) (org.) Lingua (gem) e identidade: elementos para uma discussão no campo aplicado. Campinas: Mercado de Letras, 384 pp.
4. (1998c) (Des) construindo bordas e fronteiras: letramento e identidade social. In: Signorini, I. (org.) Lingua (gem) e identidade: elementos para uma discussão no campo aplicado. Campinas: Mercado de Letras: 139-171.
5. (1998d) Figuras e modelos contemporâneos da subjetividade. In: Signorini, I. (org.) Lingua (gem) e identidade: elementos para uma discussão no campo aplicado. Campinas: Mercado de Letras: 333-380.
6. (1998e) Do residual ao múltiplo e ao complexo: o objeto de pesquisa em LA. In: Signorini, I. & Cavalcanti, M. C. (orgs) Linguística Aplicada e transdisciplinaridade: questões e perspectivas. Campinas: Mercado de Letras, pp. 99-110
7. (1998f) Literacy and legitimacy: Unschooled councilmen in legislative sessions. Journal of Pragmatics 29: 373-391.
8. (1998f) Emancipatory Linguistics. In: Jacob Mey (ed.) Concise Encyclopedia of Pragmatics. Oxford: Elsevier Science.
9. Signorini, I. & Cavalcanti, M. (1998b) (orgs.) Linguística Aplicada e transdisciplinaridade: questões e perspectivas. Campinas: Mercado de Letras, 215 pp.
10. Kleiman, A. & Signorini, I.(2000) O ensino e a formação do professor. Alfabetização de jovens e adultos. Porto Alegre: Artmed Editora.

Projetos de pesquisa vigentes

Pesquisador bolsista CNPq nível 2 A

Pesquisador participante do Projeto Integrado "Letramento do professor: implicações para a prática pedagógica II" (CNPq), através do projeto individual de pesquisa "Práticas de escrita e de reflexão sobre a escrita de professores da escola pública". Departamento de Lingüística Aplicada do IEL, UNICAMP, 2000-2002.

Pesquisador responsável pelo Projeto "Relações do professor com a escrita e com o ensino da escrita", que conta com a participação de alunos bolsistas e não bolsistas de graduação e pós-graduação. Departamento de Lingüística Aplicada do IEL, UNICAMP, 2000-2002.

Orientação de teses, dissertações e projetos de iniciação científica

Teses e dissertações já defendidas:

1. Tese de doutorado: O lugar de interlocução de brasileiros e alemães em suas relações de contato. Carmen Zink Bolonhini. Programa de Pós-Graduação em Lingüística do IEL, UNICAMP, Campinas (SP). Defendida em 25.11.1996.
2. Tese de doutorado: Construção dos conceitos de texto e de coesão textual: da lingüística à sala de aula. Edmilson Luiz Rafael. Programa de Pós-Graduação em Linguística Aplicada do IEL, UNICAMP, Campinas (SP). Defendida em 22.02.2001.
3. Dissertação de mestrado: Construção da intertextualidade na produção textual de alfabetizandos de adolescentes e adultos. Denise Lino Araújo. Programa de Pós-Graduação em Lingüística Aplicada do IEL, UNICAMP, Campinas (SP). Defendida em 18.12.95.
4. Dissertação de mestrado: A renovação do ensino de gramática no 1º grau no Estado de São Paulo. Ana Sílvia Moço Aparício Programa de Pós-Graduação em Lingüística Aplicada do IEL, UNICAMP, Campinas (SP). Defendida em 20.04.99.
5. Dissertação de mestrado: Processos de retextualização e ensino de língua materna: uma experiência com alunos de escola pública no semi-árido baiano. Cosme Batista dos Santos. Programa de Pós-Graduação em Lingüística Aplicada do IEL, UNICAMP, Campinas (SP). Defendida em 23.02.2001.
6. Dissertação de mestrado: Refletindo sobre a ação pedagógica e a formação do sujeito leitor. Regina Lúcia da Silva Nascimento. Programa de Pós-Graduação em Lingüística Aplicada do IEL, UNICAMP, Campinas (SP). Defendido em 23.02.2001.

Teses e dissertações em andamento

1. Tese de doutorado: A constituição da subjetividade do surdo no processo de aquisição da escrita. Marília da Piedade M. Silva. Programa de Pós-Graduação em Linguística Aplicada do IEL, UNICAMP, Campinas (SP).
2. Tese de doutorado: Modos de transposição didática em aulas de gramática no ensino fundamental de 5ª a 8ª séries. Ana Sílvia Moço Aparício. Programa de Pós-Graduação em Linguística Aplicada do IEL, UNICAMP, Campinas (SP).
3. Dissertação de mestrado: Mecanismos de textualização em produções escritas de professores da rede estadual paulista. Luiz Miguel Martins Garcia. Programa de Pós-Graduação em Lingüística Aplicada do IEL, UNICAMP, Campinas (SP).
4. Dissertação de mestrado: A renovação do ensino do texto no Paraná. Clóris Porto Torquato. Programa de Pós-Graduação em Lingüística Aplicada do IEL, UNICAMP, Campinas (SP).

Iniciação científica em andamento

1. Estudo das características temáticas e composicionais da escrita não escolar do professor da rede pública (CNPq/PIBIC)Cícero Gomes Júnior (Letras).


Joanne Busnardo

Língua Estrangeira e Segunda Língua, Tradução

Áreas de atuação e orientação:

1. Pedagogias críticas no ensino de línguas
    - ensino de inglês como língua hegemônica
    - ensino de línguas no contexto de globalização
    - ensino de línguas como referencial para a reflexão cultural crítica
    - análise de interação no ensino de língua e leitura como subsídios para a formação crítica-reflexiva do professor
2. Aspectos socioculturais e sociopsicológicos no ensino e aprendizagem da língua inglesa
    - atitudes de professor/aluno frente ao ensino e aquisição do inglês
    - atitude na formação crítica e reflexiva do professor de línguas
    - aspectos culturais e pragmáticos da tradução português/inglês e inglês/português
3. Aspectos gramaticais, semânticos, pragmáticos e discursivos da língua inglesa e do seu ensino

Publicações:

1. Busnardo, J., & Braga, D.B. (1987). "Language and Power: On the Necessity of Rethinking English Language Pedagogy in Brazil." In S.J. Savignon and M.S. Berns (eds.), INITIATIVES IN COMMUNICATIVE LANGUAGE TEACHING II, Reading, Mass: Addison-Wesley, pp. 15-32.
2. Busnardo, J. & El-Dash, L.G. (1993). "A linguística aplicada e a psicologia social da linguagem: Caminhos interdisciplinares." TRABALHOS EM LINGUÍSTICA APLICADA, 20: pp. 25-36.
3. Braga, D.B., & Busnardo, J. (1993). "Metacognition and foreign language reading: Fostering awareness of linguistic form and cognitive process in the teaching of language through text." LENGUAS MODERNAS (Universidad de Chile: Facultad de Filosofía Y Humanidades, Departamento de Linguística), pp. 129-150.
4. Braga, D.B., & Busnardo, J. (1997). "Acquiring Reading Through Self-Tutoring Processes." Em Meyer, F., Bolívar, A., Febres, J., Bonett de Serra, M. (orgs.), ESP IN LATIN AMERICA, Universidad de Los Andes: pp. 157-162.
5. Busnardo, J. & Braga, D.B. (2000). "Uma visão neo-gramsciana de leitura crítica: Contexto, linguagem e ideologia." Aceita para publicação em ILHA DO DESTERRO, com publicação prevista para 2000.
6. Busnardo, J. & Braga, D.B. (2000). "Language, Ideology and Teaching towards Critique: A Look at Reading Pedagogy in Brazil." Aceita para publicação no JOURNAL OF PRAGMATICS, com publicação prevista para 2000.
7. El-Dash, L.G. & Busnardo, J. (2000). "Brazilian Attitudes toward English: Dimensions of Status and Solidarity." Aceita para publicação no INTERNATIONAL JOURNAL OF APPLIED LINGUISTICS, com publicação prevista para 2000.
8. El-Dash, L.G. & Busnardo, J. (2000). "Perceived In-Group and Out-Group Stereotypes among Brazilian Foreign-Language Students." Aceita para publicação no INTERNATIONAL JOURNAL OF APPLIED LINGUISTICS, com publicação prevista para 2000.

Projetos de Pesquisa Vigentes:

1. Ensino de leitura crítica em língua materna e língua estrangeira. (Coordenação do projeto).
2. Aspectos socio-culturais e socio-psicológicos da aquisição/aprendizagem de línguas estrangeiras. (Coordenação do projeto)
3. Aspectos gramaticais, semânticos e pragmáticos da língua inglesa e do seu ensino. (Participação no projeto)
4. Aspectos gramaticais, pragmáticos e discursivos da tradução. (Participação no projeto).
5. Read-in-Web: Ensino de língua à Distância. (Participação no projeto).

Orientação:

Teses e dissertações ja defendidas:

1. Ataíde de Brito, Iracélia. "Conceitos de cultura e competência: Contribuições para um ensino crítico de inglês no contexto brasileiro." Tese de Mestrado defendida em 1999.


Teses e dissertações em andamento:

1. Gomes de Oliveira, Míria. "Shakespeare no suburbio: Crítica, polifonia e carnaval na aula de leitura." Tese de Mestrado a ser defendida em agosto, 2000.
2. Ascencio Miquelante, Marileuza. "Processos auto-reflexivos na construção de um material freireano para adolescentes." (Título provisório de tese em andamento).
3. Sambugaro de Mattos, Adriana Cristina. "À procura de uma pedagogia crítica da cultura e da mídia para alunos adolescentes de inglês." (Título provisório de tese em andamento).
4. Nogueira de Camargo, Maria Lúcia. "Professores de inglês e os Parâmetros Curriculares Nacionais: Contribuições para uma formação continuada crítica." (Título provisório de tese em andamento).


John Robert Schmitz

Língua Estrangeira e Segunda Língua / Tradução

Áreas de atuação e orientação:

1. Desenvolvimento e treinamento de Professores de Língua Inglesa
2. Ensino reflexivo
3. Aquisição/aprendizagem de línguas estrangeiras (inglês e espanhol)
4. Lexicografia e ensino/aprendizagem de língua estrangeira
5. História dos estudos de tradução
6. Análise contrastiva e tradução
7. Ensino de tradução

Publicações:

1. "Offsetting the exclusive use of English in international journals", Discourse & Society, Vol. 11(2):283-288.
2. "A Crise da Língua Portuguesa: Uma Visão Crítica e Criteriosa", O Escritor. Jornal da União Brasileira de Escritores. Nº 90 março, p.4.
3. "Sobre a tradução e o ensino: o humor levado a sério", Revista TradTerm, 5 (2): 5-6, julho/dezembro (Centro Interdepartamental de Tradução e Terminologia-FFLCH-USP), 1998.
4. "A Problemática dos Dicionários Bilingües", In: As Ciências do Léxico, Lexicologia, Lexicografia e Terminologia. org. A. N. Isquerdo e A.M.P. Pires de Oliveira. (pgs. 159-168) , Campo Grande: UFMS, 1998.
5. "Reforma Ortográfica, Planejamento e Difusão Lingüística: O Caso da Língua Portuguesa", Language Problems and Language Planning, vol. 22, no. 3 (Fall), 1998.
6. "Suppression of References to Sex and Body Functions in the Brazilian and Portuguese Translation of J. D. Salinger's The Catcher in the Rye", Neta Jornal des Traducteurs Translator's Journal, (Universidade de Montreal, Canadá) vol. 43:242-253, no. 2, juin, 1998.
7. "Reflections about Language Awareness in J. D. Salinger's The Catcher in the Rye and in the Brazilian and Portuguese Translations", In: Kinga Klaudy-János Kohn, eds. Transferre Necesse Est ( Proceedings of the 2nd International Conference on Current Trends in Studies of Translation and Interpreting 5-7 September, 1996, Budapest, Hungria.
8. "Descrição do Português e o Ensino", SériEncontros, "Corpo e Voz", Ano XV, No. 1: 23-49. (Publicação do Programa de Pós-Graduação em Lingüística e Língua Portuguesa UNESP-Campus de Araraquara), 1997.
9. "Rumos e Tendências na Lexicologia Brasileira", SériEncontros, "Corpo e Voz", Ano XV, No. 1: 55-70. (Publicação do Programa de Pós-Graduação em Lingüística e Língua Portuguesa UNESP-Campus de Araraquara) 1997.
10. "Humor:é possível traduzi-lo e ensinar a traduzi-lo? TradTerm 3: Revista do Centro Interdepartamental de Tradução e Terminologia-FFLCH-USP, 87-97.) [Sipex 56498].

Projetos:

1. Supressão, Ideologia e Tradução.
2. Aspetos Formais, Culturais e Ideológicos em Obras Lexicográficas
3. Planejamento Lingüístico, Reforma e Ideologia
(todos os projetos sem financiamento)

Dissertação de Mestrado defendidas:

1. Elda Gomes Araujo, "Visão da recepção e produção de textos de alunos da 5ª série de escolas--- pública e particular--- na cidade de Macapá--- Estado do Amapá". 07 de fevereiro de 2001
2. Ana Maria de Moura Schäffer, "Reflexões sobre o Papel da Tradução (Mental) no Desenvolvimento da Leitura em Língua Estrangeira", 29 de agosto de 2000.
3. Marília Mendes Ferreira, " A Fala Privada em Interações de Alunos Reallizando Atividades Orais em Língua Estrangeira ( Inglês), 24 de abril de 2000.
4. Vanderlei de Souza, " A Formação em Serviço de Professor de Inglês da Rede Estadual-Construindo Atitudes Reflexivas", 19 de agosto de 1998
5. Maria Carmen Khnuchala Cunha, " A Relação entre Ansiedade e o Desenvolvimento da Competência Oral em Língua Estrangeira", 15 de dezembro de 1997.
6. Anabelle Deuber, " Produção Oral de Alunos Ativos e Reflexivos no Pequeno Grupo e no Grande Grupo em Aula de Língua Estrangeira: Sua Atitude em Relação ao Trabalho em Pequeno Grupo", 26 de março de 1997.
7. Rejiani A S. Zaccharias, " Lexicologia e Ensino de Línguas: Estudo das Estratégias de Utilização de Documentos por Alunos Brasileiros na Aprendizagem de Inglês como Língua Estrangeira", 24 de março de 1997.
8. Vera Lúcia do Amaral, " Análise Crítica de Dicionários Escolares Bilíngës Espanhol-Português: Uma Reflexão Teórica e Prática, 12 de abril de 1996.
9. Luis de Knop Tonon, " Um Olhar sobre a Observação na Sala de Aula: por um Ensino Reflexivo", 29 de fevereiro de 1996.

Orientação em andamento:

Heloísa Augusta Brito de Mello, "Práticas Bilingues na aula de Segunda Língua: o papel de L1 no processo de aquisição de L2"
Alessandra Sartori, O Discurso do Colonizado e o Ensino de Língua Estrangeira
Aníbal da Costa Dias, A Utilização de Dicionários Jurídicos: Sugestões para o aperfeiçoamento


José Carlos Paes de Almeida Filho

Língua Estrangeira e Segunda Língua


Linda Gentry El-Dash

Língua Estrangeira e Segunda Língua


Lúcia Kopschitz Xavier Bastos

Língua Materna / Língua Estrangeira e Segunda Língua


Maria Augusta Bastos de Mattos

Língua Materna / Tradução

Áreas de atuação e orientação:

1. A gramática como lugar privilegiado de reflexão - a relação entre a gramática e a escrita
2. A noção de discurso e o ensino da língua
3. A tradução e a questão do "estilo"

Publicações

1. A produção escrita e a gramática (com Lúcia K.X.Bastos). São Paulo, Martins Fontes, 1986. (2ª edição em 1992).
2. Tradução do italiano de Come si fa un tema in classe de Maria Teresa Serafini. Editado em Português sob o título Como escrever textos. Rio de Janeiro, Rio Gráfica, 1987.
3. Supletivo, o discurso paralelo. Séries Teses. Campinas, Ed. Unicamp, 1989.
4. Tradução do francês de artigo de A. Lecomte, J. Léon e J. M. Marandin. Publicado em: Gadet, F. e Hak, T. (orgs.) Por uma análise automática do discurso. Campinas, Unicamp, 1990. pp. 283-310.
5. Metalinguagem e Tradição (com Lúcia K. Xavier Bastos). Letras, 4. Santa Maria, UFSM, 1992. pp. 14-22
6. Tradução do francês de La "longue durée" en sociolinguistique. Publicado em Schlieben-Lange, Brigitte. História do falar e história da lingüística. Campinas, Unicamp, 1993. pp. 83-90.
7. A Lingüística Aplicada e a Lingüística. (com Lúcia K. X. Bastos). Trabalhos em Lingüística Aplicada, 22. Campinas, Unicamp, 1993. pp. 7-23.
8. Tradução de Elements linguistiques pour le texte littéraire de D. Maingueneau. Editado pela Livraria Martins Fontes Editora sob o título Elementos lingüísticos para o texto literário , 1996.
9. Dispersão e memória no quotidiano. São Paulo, Martins Fontes, 1998
10. Texto para divulgação do Vestibular Unicamp 1999. (Redação, Língua Portuguesa e Literaturas de Língua Portuguesa) com Paula Marchini Senatore. Unicamp, Comvest, 1998

Projetos de Pesquisa:

1. Monteiro Lobato tradutor (exame das traduções feitas por ele, claramente marcadas por seu estilo, a fim de problematizar a questão da autoria do texto produzido).
2. Ganhos possíveis com um estudo da língua a partir da Grammatica Portugueza pelo Methodo Confuso de Mendes Fradique.

Orientações:

Dissertação de Mestrado já defendidas

1. Carmen Ferreira da Silva. Diálogos impertinentes. 1998.
2. Maria Aparecida dos Santos. Processo de (des)identificação: o deslocamento de fronteiras no movimento discursivo. CNPq. 2001.
3. Adelma das Neves Nunes Barros. O livro didático e os critérios eliminatórios do MEC. CAPES. 2001.
4. Maria Eduiza Miranda Naiff Rodrigues. A heterogeneidade presente na produção escrita de professores do interior do Estado do Amapá: um olhar para a concordância e para a ortografia. CAPES. 2001.

Dissertação de Doutorado já defendidas

1. Maria Teresa Arrigoni. O abismo, o monte, a luz. os símiles na leitura/tradução da Divina Commedia. CAPES. 2001.

Dissertação de Mestrado em andamento

1. Fátima Neide Freires. A interlocução na carta argumentativa (em andamento).

Iniciação Científica

1. Ricardo Guimarães Munduruca Costa. Mendes Fradique e sua gramática pelo método confuso. CNPq, 1999-2000.
2. Ricardo Guimarães Munduruca Costa. Mendes Fradique e sua gramática pelo método confuso: o apêndice antológico . CNPq, 2000-2001.


Maria José Rodrigues Faria Coracini

Língua Materna / Língua Estrangeira e Segunda Língua / Tradução

Áreas de atuação e orientação:

1. Identidade, discurso e heterogeneidade no discurso científico, pedagógico (língua materna e língua estrangeira), político, publicitário.
2. Discurso de sala de aula em torno da leitura/interpretação e produção escrita em língua materna e estrangeira.
3. Interpretação e Tradução: aspectos teóricos e práticos.

Obs.: Os pressupostos teóricos se vinculam às teorias do discurso e à desconstrução.

Publicações

1. CORACINI, M.J.R.F. & PEREIRA, A E. (orgs e autoras) Discurso e Sociedade: Práticas em Análise do Discurso. Pelotas: UCPel e ALAB. 2001.
2. CORACINI, M.J.R.F. (org. e autora) Interpretação, Autoria e Legitimação do Livro Didático: língua materna e língua estrangeira (org. Campinas: Pontes Editores. 1999, 175 páginas.
3. CORACINI, M.J.R.F. Língua Estrangeira e Materna: uma questão de sujeito e identidade. Letras & Letras, 14 (1), pp. 153-170. UFU, 1998.
4. CORACINI, M.J.R.F. "A Teoria e a Prática: a questão da Diferença nos discursos da Lingüística Aplicada e da sala de aula". Revista D.E.L.T.A., vol.14, n°1, 33-58. 1998.
5. CORACINI, M.J.R.F. "A Escamoteação da Heterogeneidade nos Discursos da Lingüística Aplicada e da sala de aula". Revista Letras, n.14, pp.39-64. UFSM (RS). 1997.
6. CORACINI, M.J.R.F. (org. e autora) O Jogo Discursivo na aula de Leitura: Língua Materna e Língua Estrangeira. Campinas: Pontes Editores. 1995. 141 páginas.
7. CORACINI, M.J.R.F. "Le parler de l'étudiant en classe de lecture en FLE: une approche discursive". In S. Rehorick e V. Edwards: L'apprentissage et l'enseignement des langues secondes: les liens entre la thérie et la pratique, pp.162-177. 1995.
8. CORACINI, M.J.R.F. Le Discours Politique Brésilien Contemporain: un exemple d'hétérogénéité. Cahiers du GRAL. Université de Montréal. Dez./1993. 51 páginas.
9. CORACINI, M.J.R.F. Um Fazer Persuasivo: o discurso subjetivo da ciência. São Paulo: Pontes/Educ. 1991, 212 páginas.
10. CORACINI, M.J.R.F. L'Hétérogénéité dans le Discours Scientifique (en français et en brésilien): un faire persuasif. Langages, n.105, pp. 76-86. 1991.

Projetos de pesquisa vigentes

Projeto Interdiscursividade e Identidade no Discurso Didático-Pedagógico (LE e LM). Projeto Integrado CNPq.
Pesquisa individual Linguagem, Ciência e Identidade no Discurso de Sala de Aula (língua materna e língua estrangeira) - CNPq.

Orientação de teses, dissertações

Teses e dissertações defendidas

Teses de doutorado

1. Análise Comparativa da Argumentação do Discurso Jornalístico no Brasil e na Inglaterra: o caso da Guerra do Golfo. Anna Maria Grammatico Carmagnani. PUC/SP - LAEL. 1996. CNPq.
2. Ideologia Neoliberal no discurso da avaliação: a excelência e o avesso da excelência. Maria de Fátima Silva Amarante.1998. Bolsa PUCC.
3. O Ideário do Progresso no Discurso Político-Educacional: uma análise discursiva das relações de poder-saber. Marcia Aparecida Amador Mascia. 1999. CNPq.
4. O Discurso da Lingüística Aplicada: entre o desejo da teoria e a contingência da prática. Ernesto Sérgio
Bertoldo. Março de 2000. CAPES PICDT.

Dissertações de mestrado

1. Ensino Instrumental de Língua Estrangeira: descrição do tipo de texto 'Estudo de caso médico', de Suzel Sawaia Chueiri. PUC-SP: LAEL. 1991.
2. A Estrutura Argumentativa no Discurso Político: uma Análise da Heterogeneidadae Discursiva do Pronunciamento de Posse do Presidente Kennedy. Cibele Mara Dugaich Dissertação de Mestrado. PUC-SP: LAEL.
1993. FAPESP.
3. 'Graded Readers': Análise e Reflexão sobre o Ensino de Leitura em Inglês numa Realidade Brasileira. Dilys Karen Rees. PUC-SP: LAEL. 1993. CNPq.
4. Leitura na Alfabetização: uma proposta alternativa de trabalho pedagógico. Sônia Álvarez Rios. PUC-SP: LAEL. 1993. CAPES.
5. A Questão Ideológica e o Ensino de Leitura do Inglês: uma proposta de reflexão pedagógica através do discurso de tema ecológico em livros didáticos, Deusa Maria de Souza. PUC-SP: LAEL. 1993. CNPq.
6. Professor e Alunos: Falas do Poder, de Mônica Nóbrega. PUC-SP: LAEL. 1993. CAPES.
7. Do Texto ao Discurso: Reflexões sobre o Ato de Ler e Leitura Crítica. Cynthia Regina Fischer. PUC-SP: 1993. CAPES.
8. Manifestações do Sujeito: uma análise discursiva de diários dialogados em Língua Estrangeira. Lúcia N. Billerbeck. 1995. CNPq.
9. Jogos Imaginários: uma análise discursiva de cursos de atualização do professor de Língua Estrangeira, Elzira Yoko Uyeno. 1995.
10. A Interferência da Formação do Professor em Aulas de Língua. Orientanda: Márcia Maria Souza da Costa Moura de Paula. 1996. CAPES.
11. Conflitos e Contradições na Formação de Professores: um estudo das práticas discursivas da disciplina "Prática de Ensino de Língua Inglesa. Lusinilda Carla Pinto Martins. 1998. CAPES - PICDT.
12. Aulas "Alternativas" de Leitura em Língua estrangeira: Histórias "Provocadoras e Deslocamento de Posições Subjetivas. Newton Freire Murce Filho. 1998. CAPES - PICDT.
13. Uma Visão Discursiva dos trabalhos em grupos cooperativos em aula de língua portuguesa. Flávio Galvão Pereira. 1999. CNPq.
14. A Escrita na Escola: apre(e)ndendo as regras do jogo. Maria Graciléia Capponi. IEL/DLA. 2000. CNPq.
15. Os Discursos Educacional e Pedagógico da Avaliação Emancipatória: conflitos e contrapontos. Martha Christina Ferreira Zoni do Nascimento. IEL/DLA. 2001. CAPES (Mestrado Interinstitucional).
16. O professor escreve sua estória: o discurso da (des)valorização. Regina Célia de Carvalho Paschoal Lima. IEL/DLA. 2001.

Teses e dissertações em Andamento

Doutorado

1. Dogmatização da Teoria: uma análise discursiva dos cursos de formação continuada. Elzira Yoko Uyeno. CAPES.
2. As Formas do Outro nos Discursos de Representação da Língua Materna. Claudete Moreno Ghiraldelo.
3. Discurso, Duplicidade da Língua e Desdobramento do Sujeito – um breve estudo do inconsciente na sala de aula individual de língua estrangeira. Nelson Bolognini Jr.
4. Processos Identificatórios na formação do sujeito-professor de língua materna: um estudo discursivo. Beatriz Maria Eckert Hoff. FAPESP.
5. Representações de língua estrangeira (título provisório). Maria Angélica Deângeli.

Mestrado

1. A Heterogeneidade do Discurso do Professor em aulas de língua inglesa (título provisório). Edmundo G. Narracci.
2. O livro didático de espanhol como língua estrangeira e o discurso da globalização. Mariângela Floriano Dias.


Maria Laura Trindade Mayrink-Sabinson

Língua Materna

Áreas de Atuação e Orientação:

1. Aquisição De Leitura/Escrita
    - A Emergência Do Estilo Individual Em Sua Relação Com Estilos De Gêneros Discursivos De Crianças/Adolescentes "Normais" Utilizando-Se De Uma Metodologia Indiciária De Investigação;
2. Aquisição De Escrita Por Crianças Consideradas Portadoras De "Distúrbios De Aprendizagem" ("Disgráficos" E "Disléxicos", De "Inteligência Limítrofe", Etc).

Publicações:

1. Mayrink-Sabinson, M.L.T.. Reflexões Sobre A Aquisição Da Escrita. Em: Roxane Rojo (Org.). Alfabetização E Letramento. Campinas, S.P.: Mercado De Letras, 1998.
2. Mayrink-Sabinson, M.L.T.. Traçando O Perfil De Uma Professora A Partir De Indícios De Seu Trabalho. Em: Estudos Lingüísticos Xxvii, Anais De Seminários Do Gel. São José Do Rio Preto: Unesp-Ibilce, 1998.
3. Mayrink-Sabinson, M.L.T.. Análise De Um Evento Singular De Interação Mãe-Criança Na Constituição De Um Sentido Para A Escrita. Em: A Língua Materna. O Ensino Em Processo. Organon, 25. Vol.Ii. Revista Do Instituto De Letras Da Ufrgs. Porto Alegre: Ufrgs, 1997.
4. Mayrink-Sabinson, M.L.T.. Operações De Refacção De Textos: Momentos Iniciais. Em: Estudos Lingüísticos Xxiii, Anais De Seminários Do Gel.Vol. I. São Paulo, S.P., 1994.
5. Mayrink-Sabinson, M.L.T.. Indícios De Individualidade Na Escrita Inicial Da Criança. Em: Estudos Lingüísticos Xxvii, Anais De Seminários Do Gel. Ribeirão Preto, S.P., 1993.
6. Abaurre,M.B.M., Fiad, R.S. & Mayrink-Sabinson, M.L.T. Et Alii.. Avaliação De Cartilhas E Livros Didáticos: Perguntas A Formular. Em: Leitura: Teoria E Prática, 31. Campinas, São Paulo:Alb: Porto Alegre: Mercado Aberto, 1998.
7. Abaurre,M.B.M., Fiad, R.S. & Mayrink-Sabinson, M.L.T.. Cenas De Aquisição Da Escrita: O Sujeito E O Trabalho Com O Texto. Campinas, S.P.: Mercado De Letras/Alb, 1997.
8. Abaurre,M.B.M., Fiad, R.S., Mayrink-Sabinson, M.L.T. Et Alii.. Subjetividade, Alteridade: Reflexos, Nas Primeiras Escritas, Da Alternância De Lugares Discursivos. Em:Estudos Linguísticos Xxv. Anais De Seminários Do Gel. Campinas, S.P., 1997.
9. Abaurre,M.B.M., Fiad, R.S. , Mayrink-Sabinson, M.L.T.& Geraldi, J.W. Considerações Sobre A Utilização De Um Paradigma Indiciário Na Análise De Episódios De Refacção Textual.. Em: Trabalhos Em Linguística Aplicada, 25. Campinas, Iel, 1995.
10. Abaurre,M.B.M., Fiad, R.S. & Mayrink-Sabinson, M.L.T.& Geraldi, J.W.. O Caráter Singular Das Operações De Refacção Nos Textos Representativos Do Início Da Aquisição Da Escrita. Em: Estudos Linguísticos Xxiv. Anais De Seminários Do Gel. São Paulo, Sp, 1995.

Projetos de Pesquisa Vigentes:

Título Do Projeto: A Emergência Do Estilo: Construindo O Humor No Texto.
Bolsa De Produtividade Em Pesquisa Cnpq - Nível 2a - Proc. Nº 350001/96-0.
Pesquisa Realizada No Âmbito Do Projeto Integrado Subjetividade, Alteridade E Construção Do Estilo: Relação Entre Estilos De Gêneros E Estilos Individuais..
Coordenadora: Maria Bernadete Marques Abaurre. Cnpq - Proc. Nº 521837/95-2
Vigência: Projeto Iniciado Em Agosto De 1999.

Título Do Projeto: Avaliação E Acompanhamento Longitudinal De Crianças Com Dificuldades Na Aquisição Da Escrita, Em Colaboração Com A Dra. Maria Irma Hadler Coudry (Dl-Iel), A Partir De 1988. (Em Andamento).

Orientações de Teses e Dissertações

Concluídas:

Doutorado

1. Regina Maria De Souza. "Que Palavra Que Te Falta? O Que O Surdo E Sua Lingua(Gem) De Sinais Têm A Dizer À Lingüística E À Educação". Doutorado Em Lingüística. Iel,Unicamp. 1996.

Mestrado

1. Mônica Filomena Caron. "As Relações Da Escola Com A Sociedade Nos Processos De Diagnosticar/Avaliar". Mestrado Em Lingüística Aplicada. Iel, Unicamp. 2000. (Bolsa Fapesp).
2. Ana Cláudia Ferreira Lopes. "Insatisfação Convertida Em Interrogações: Do Método Da Palavração À Adoção Do Texto Escrito Na Alfabetização De Adultos". Mestrado Em Lingüística Aplicada. Iel, Unicamp. 1999.
3. Luciano Novaes Vidon. "Individualidade E Escolarização: Estilos Em Conflito. Análise De Dados Longitudinais". Mestrado Em Lingüística Aplicada. Iel, Unicamp. 1999. (Bolsa Cnpq).
4. Ivanilde Maria De Souza. "Alfabetização: Teoria E Prática Em (Des)Encontro. Uma Reflexão Sobre A Implantação Do Ciclo Básico No Estado De São Paulo". Mestrado Em Lingüística Aplicada. Iel, Unicamp. 1996.
5. Suzana Lima Vargas. "A Construção Do Discurso Narrativo Em Contexto Escolar". Mestrado Em Lingüística Aplicada. Iel, Unicamp. 1994.
6. Luciane Manera Magalhães. "O Papel Do Adulto No Processo De Constituição Da Linguagem Escrita Pela Criança". Mestrado Em Lingüística Aplicada. Iel, Unicamp. 1994.
7. Maria Evanilda Tomé. "O Processo De Interação Entre Os Sujeitos Na Constituição Da Aquisição Da Linguagem Escrita". Mestrado Em Lingüística Aplicada. Iel,Unicamp. Defesa Em 06 De Maio De 1994.
8. Ana Tereza Brant De Carvalho Dauden . "A Criança E O Outro Na Construção Da Linguagem Escrita". Mestrado Em Lingüística. Iel,Unicamp. Defesa Em 30 De Novembro De 1992.
9. Marlei Gomes Do Nascimento. "A Criança E A Escrita: Um Aprendizado Baseado No Trabalho (A Revisão Nas Produções Escritas De Crianças De 2º Ano De Ciclo Básico)". Mestrado Em Lingüística Aplicada. Iel,Unicamp. Defesa Em 28 De Novembro De 1991.
10. Maria Alejandra Iturrieta Leal. "Distúrbios E Dificuldades De Aprendizagem Na Aquisição Da Escrita: Reflexões Sobre Seu Diagnóstico Na Sala De Aula". Mestrado Em Educação. Fe, Unicamp. Defesa Em 12 De Outubro De 1991.
11. Zilda Maria Gesueli. "A Criança Não Ouvinte E A Aquisição Da Escrita". Mestrado Em Lingüística. Iel,Unicamp. Defesa Em 05 De Maio De 1988.

Em Andamento:

Doutorado

1. Suzana Lima Vargas. A Constituição Da Representação Escrita Por Um Sujeito Diagnosticaco Com Inteligência Limítrofe. Projeto Iniciado Em Março De 1997. Iel/Unicamp (Picd).
2. Luciano Novaes Vidon. O Eu E O Outro Na Constituição Do Estilo: Análise De Textos Representativos De Um Percurso Da Escrita De Um Sujeito. Projeto Iniciado Em Março De 2000. Iel/Unicamp (Capes).
3. Mônica Filomena Caron. Relação Entre Linguagem, Poder E Avaliação. Projeto Iniciado Em Março De 2000. Iel/Unicamp (Fapesp).

Mestrado

1. Geruza Lima Tanaka. O Processo De Construção Da Leitura E Escrita Como Mediador Para A Desconstrução Da Deficiência. Iel/Unicamp.

Iniciação Científica em Andamento:

1. Co-Orientação De Bolsistas Do Projeto Integrado Cnpq Subjetividade, Alteridade E Construção Do Estilo: Relação Entre Estilos De Gêneros E Estilos Individuais, Iniciado Em Agosto De 1999: Celiane Mendes (Ic), Fabiana Constantino Mucholin (Ic), Vânia Cristina Gonçalves Leite (Ic).
2. Orientação Do Projeto De Inciação Científica Formação Do Leitor: Uma História Entre Um Sujeito E Leituras. Bolsista: Jovir José De Almeida Filho. Bolsa Pibic-Cnpq/Unicamp, Iniciada Em Agosto De 1999.


Maria Rita Salzano Moraes

Língua Estrangeira e Segunda Língua


Marilda do Couto Cavalcanti

Educação Bilingüe

Áreas de atuação e orientação:

1. Interação, linguagem, cultura e identidade em contextos transculturais: bi/multilíngües, bidialetais
2. Interação em sala de aula em cursos de formação de professores e em escolas em comunidades de minorias lingüísticas e de maiorias tratadas como minorias.
3. Formação de professores para contextos sociolingüisticamente complexos: indígena, imigrante, de fronteira (com abertura para outros contextos)

Publicações:

1. "A propósito de Lingüística Aplicada". Trabalhos em Lingüística Aplicada, 7, 1986:5-12.
2. Interação leitor-texto: aspectos de interpretação pragmática. Campinas: Editora da UNICAMP, 1989 (271 pags.).
3. "Implementação de Pesquisa na Sala de Aula de Lingua Estrangeira" em co-autoria com L.P. Moita Lopes. Trabalhos em Lingüística Aplicada, 17, 1991:133-144.
4. "Interação Guarani/não-Guarani: etnocentrismo naturalizado na questao do silêncio inter-turnos". Trabalhos em Lingüística Aplicada, 18, 1991.
5. "Considerações sobre o ensino crítico de língua materna" em co-autoria com A. B. Kleiman e S.M. Bortoni. Anais da IX ALFAL, Setor de Publicações, IEL/UNICAMP, 1992.
6. "Interação transcultural na na formação do professor índio" (e co-autoria com T.M. Maher) in L. Seki (org.) Lingüística Indígena e Educação na América Latina. Campinas, SP: Editora da UNICAMP, 1993:217-230.
7. "Collusion, resistance and reflexivity: indigenous teacher education in Brazil". Linguistics and Education, 8, 1996:175-188.Republicado em M. Martin Jones & M. Heller (orgs.) Voices of Authority: Education and Linguistic Diversity,Norwood: ABLEX, 2000:317-334.
8. Lingüística Aplicada e Transdisciplinaridade: Questões e perspectivas. Livro organizado em co-responsabilidade com I. Signorini. Campinas: Mercado de Letras, 1998.
9. "Representaciones sociales en una práctica de lengua escrita: interacción transcultural en un curso de formación de maestros para escuelas de la región occidental de la selva amazónica en Brasil" in A.M. Mejía & L.Tóvar (orgs) Perspectivas recientes del bilingüismo y de la educación bilíngüe em Colombia . Unidad de Artes Gráficas de la Universidad del Valle, Cali, Colômbia. (1999:159-180)
10. "Estudos sobre educação bilíngüe e escolarização em contextos de minorias lingüísticas no Brasil" . D.E.L.T.A., 15, n° especial, 1999: 385-418.

Projetos de pesquisa vigente:

Projeto Vozes na Escola: Cultura e identidade em cenários sociolingüisticamente complexos: (Implicações para a formação de professores em contextos bilíngues e/ou bidialetais), CNPq Proc. 95/520616-2,/Auxílio Integrado (1999-2001), e FAPESP Proc. 99/10532-0/Auxílio à Pesquisa (2000-2002).
Bolsa Produtividade em Pesquisa CNPq 1B (1999-2001)

Orientação de teses, dissertações e projetos de iniciação científica:

Teses e dissertações já defendidas

1. "Interações diádicas transculturais: implicações para o planejamento do componente oral de um curso universitário para formação de secretário(a)s bilíngues". Astrid Nilsson Sgarbieri. (Curso de Mestrado em Lingüística - UNICAMP). Data da defesa: 25/09/89.
2. "Já que é preciso falar com os doutores de Brasília... Subsídios para o planejamento de curso de português oral em contexto indígena". Terezinha de Jesus Machado Maher (Curso de Mestrado em Lingüística Aplicada - UNICAMP). Data da defesa: 13/08/90.
3. "O Saber e o Poder do Professor de Línguas: Algumas implicações para uma formação crítica". Maria da Glória de Deus de Moraes (Curso de Mestrado em Lingüística - UNICAMP). Data da defesa: 21/12/90.
4. "Um estudo da interação aluno x aluno nas atividades em grupos ou em pares na aula de língua estrangeira". Maria Helena Vieira Abrahão (Curso de Mestrado em Lingüística Aplicada - UNICAMP). Data da defesa: 21/09/1992.
5. "A fala facilitadora do professor de língua estrangeira: Subsídios para a formação do professor". Rosita de Oliveira Machado (Curso de Mestrado em Lingüística Aplicada - UNICAMP, PICD/CAPES). Data da defesa: 11/12/1992.
6. "Repensando o conceito de competência comunicativa no `aquecimento' da aula de português-língua estrangeira: uma perspectiva estratégica". Elizabeth Maria Fontão do Patrocínio (Curso de Mestrado em Lingüística Aplicada - UNICAMP). Data da defesa: 17/12/1993.
7. "Estratégias e reações de uma professora de língua estrangeira em momentos de dúvidas em sala de aula". Maria Salette Mayer de Aquino Giuliano (Curso de Mestrado em Lingüística Aplicada - UNICAMP). Data da defesa: 05/08/1994.
8. "O dizer e o fazer de um professor de língua estrangeira em um curso de licenciatura: foco na abordagem declarada comunicativa". Marilei Amadeu-Sabino (Curso de Mestrado em Lingüística Aplicada - UNICAMP). Data da defesa: 30/11/1994.
9. "O caráter perguntador do professor de língua estrangeira e a construção de identidades sociais em contexto de interação diádica característica de aulas particulares". Fernanda Landucci Ortale (Curso de Mestrado em Lingüística Aplicada - UNICAMP, CNPq). Data da defesa: 23/02/1995.
10. "Descompassos na interação professor-aluno na aula de matemática em contexto indígena". Jackeline Rodrigues Mendes (Curso de Mestrado em Lingüística Aplicada - UNICAMP, CNPq). Data da defesa: 28/03/1995.
11. "O papel do léxico na compreensão em leitura: foco no produto e no processo". Matilde V. R. Scaramucci (Curso de Doutorado em Lingüística - UNICAMP). Data da defesa: 10/03/1995.
12. "Um olhar sobre eventos de avaliação de linguagem oral em aula de língua estrangeira (inglês): abordagem de ensino X avaliação de aprendizagem". Laura Vigia-Dias (Curso de Mestrado em Lingüística Aplicada - UNICAMP). Data da defesa: 22/06/1995.
13. "Professores de língua estrangeira em formação: Seu discurso em um evento de letramento em curso de licenciatura". Ernesto Sérgio Bertoldo (Curso de Mestrado em Lingüística Aplicada - UNICAMP, PICD/CAPES). Data da defesa: 01/09/1995.
14. "As reações do professor às intervenções dos alunos em um ensino interdisciplinar de língua estrangeira". Maria de Lourdes Grillo Tílio (Curso de Mestrado em Lingüística Aplicada - UNICAMP, PICD/CAPES). Data da defesa: 18/12/1995.
15. "Estudo da relação dialógica entre a conscientização teórica e o habitus didático de uma professora num percurso de mudança de sua abordagem de ensinar". Dora Frayman Blatyta (Curso de Mestrado em Lingüística Aplicada - UNICAMP). Data da defesa: 20/12/1995.
16. "Conflitos e incertezas na renovação da prática de sala de aula do professor de língua estrangeira: um estudo etnográfico". Maria Helena Vieira-Abrahão (Curso de Doutorado em Lingüística Aplicada - UNICAMP). Data de defesa: 17/06/1996
17. "Ser professor sendo índio: questões de lingua(gem) e identidade". Terezinha de Jesus Machado Maher (Curso de Doutorado em Lingüística - UNICAMP). Data de defesa: 21/08/1996.
18. "Abordagens de ensino de língua estrangeira: um estudo sobre os deveres do professor e do aluno". Silvano Pereira de Araújo (Curso de Mestrado em Estudos da Linguagem - UFRN, PICD/CAPES). Data da defesa: 19/09/97.
19. "Eventos de letramento em uma escola multisseriada de uma comunidade rural bilíngüe (alemão/português)". Neiva Maria Jung (Curso de Mestrado em Lingüística Aplicada - UNICAMP, CAPES). Data da defesa: 24/10/97
20. "(Re)construção de identidades em narrativas na primeira pessoa: casos de bilíngües". Marta Kerr Carriker (Curso de Mestrado em Lingüística Aplicada - UNICAMP). Defesa: 09/06/1998
21. "O silêncio na interação em sala de aula de língua japonesa". Fumiko Takasu (Curso de Mestrado em Lingüística Aplicada - UNICAMP). Defesa: 22/02/1999
22. "Metáforas e conflitos: a leitura de poesia e a discussão em grupo na sala de aula de inglês como literatura estrangeira". Josalba Ramalho Vieira (Curso de Doutorado em Lingüística Aplicada). Data da defesa: 22/02/1999
23. "É verdade ou faz de conta? Observando a sala de aula de língua estrangeira". Maria Aparecida Caltabiano da Silva (Curso de Doutorado em Lingüística Aplicada - UNICAMP). Data da defesa: 26/02/1999
24. "As culturas de aprender uma língua estrangeira (inglês) em sala de aula que se propõe interdisciplinar". Cláudia Ribeiro de Pádua Garcia (Curso de Mestrado em Lingüística Aplicada - UNICAMP). Data da defesa: 25/02/1999
25. "O lugar das instruções do livro didático na interação em aula de língua estrangeira". Maria Cecília dos Santos Fraga (Curso de Mestrado em Lingüística Aplicada - UNICAMP). Data da defesa: 26/02/1999
26. "Naquela comunidade rural, os adultos falam "alemão" e "brasileiro", na escola, as crianças aprendem o português: Um estudo do continuum oral/escrito em crianças de uma classe bisseriada". Maria Ceres Pereira (Curso de Doutorado em Lingüística Aplicada - UNICAMP, PICD/CAPES). Data da defesa: 25/03/99
27. "Leitura crítica: Mas isso faz parte do ensino de leitura?". Célia Assunção Figueiredo (Curso de Doutorado em Lingüística Aplicada - Unicamp). 2000
28. " ‘Hay voces que no oigo, eh... hay personas a quienes no les conozco la voz’. O que acontece com um curso de LE baseado na abordagem comunicativa se o grupo não demonstra interesse em se comunicar" Virginia Orlando Colombo. (Curso de Mestrado em Lingüística Aplicada – Unicamp). 2001.

Teses e dissertações em andamento

1. As práticas de numeramento em uma comunidade indígena (Parque Xingu). Jackeline Mendes. Doutorado
2. Construção de autoria na formação do professor (indígena – pataxó). América Lúcia César. Bolsa Doutorado CAPES/PIDCT.
3. Como as crianças sentem e usam sua língua tradicional na escola. Déborah de Brito Albuquerque Pontes Freitas. Bolsa Doutorado CAPES/PIDCT.
4. O ensino escolar e as dificuldades de aprendizagem das crianças multilíngües – alemão, português, espanhol – inseridas em escola bilíngüe – espanhol e guarani – em Santa Rosa del Monday, Paraguai, na zona rural – Linha Jacutinga. Letícia Miller Martins. Doutorado
5. O conflito bilíngüe/bidialetal/bicultural e a construção da identidade de alunos brasiguaios em contexto escolar rural (título provisório). Maria Elena Pires dos Santos. Doutorado CAPES/PIDCT.
6. A língua portuguesa em comunidades Karipuna: deslocamento lingüístico e educação escolar. Waldenise Guedes Martins. Mestrado

Iniciação Científica em andamento

1. "Concepções de cultura nos Cursos de Formação de Professores Índios do Acre". Januária Pereira Mello, CNPq.
2. "Crianças da zona rural em escola da zona urbana". Dalva Infantini de Paiva, CNPq.


Matilde V. R. Scaramucci

Língua Estrangeira e Segunda Língua

Áreas de atuação e orientação:

1. Avaliação em Inglês como LE, Português para Estrangeiros e Português língua materna: efeito retroativo da avaliação no ensino; cultura de avaliar; conceito de proficiência; exames externos - proficiência, classificação, rendimento, entrada (vestibulares); avaliação de rendimento - auto-avaliação e avaliação contínua;
2. Leitura e ensino da leitura em Inglês como LE e em Português para Estrangeiros: papel do vocabulário, da proficiência lingüística e do conhecimento prévio; escrita e leitura como processos interrelacionados de construção de sentidos; produção de materiais didáticos;
3. Ensino/aquisição/aprendizagem de Português para Estrangeiros e Inglês como língua estrangeira: desenvolvimento da interlíngua de hispanofalantes; vocabulário.

Publicações:

1. Scaramucci, M.V.R. O papel do léxico na compreensão em leitura em língua estrangeira: foco no produto e no processo. Instituto de Estudos da Linguagem, Unicamp. Tese de doutorado, 345 páginas, 1995.
2. Scaramucci, M.V.R. O projeto CELPE-Bras no âmbito do Mercosul: contribuições para uma definição de proficiência comunicativa. In Almeida Filho, J.C. (org.), Português para Estrangeiros: Interface com Espanhol. Pontes, 1995: 77-90.
3. Scaramucci, M.V.R The Role of Vocabulary Competence in EFL Reading comprehension: Focus on the Product and the Process. Language Testing Update 1:41-42. International Language Testing Association, Newsletter, Lancaster University, Inglaterra, 1996.
4. Scaramucci, M.V.R A competência lexical de alunos universitários aprendendo a ler em inglês como língua estrangeira. D.E.L.T.A 13(2):215-246, PUC-SP, São Paulo.
5. Scaramucci, M.V.R Avaliação de rendimento no ensino de português língua estrangeira. Em Almeida Filho, J.C.(org), Parâmetros atuais para o ensino de português língua estrangeira. Pontes, Campinas,1997:75-88.
6. Scaramucci, M.V.R Caderno de Questões. A Unicamp comenta suas provas: Língua Estrangeira – Inglês. Comvest, Unicamp, 1997:99-109.
7.Scaramucci, M.V.R CELPE-BRAS: um exame comunicativo. Em Cunha, M.J. e P. Santos (orgs.) Ensino e Pesquisa em Português para Estrangeiros. Editora da Universidade de Brasília, Brasilia, DF, 1999:75-81.
8.Scaramucci, M.V.R Avaliação: mecanismo propulsor de mudanças no ensino/aprendizagem de língua estrangeira. Revista Contexturas, APLIESP, 1998/1999:75-81.
9. Scaramucci, M.V.R Vestibular e ensino de língua estrangeira (Inglês) em uma escola pública. Trabalhos em Lingüistica Aplicada 34, 1999:7-29, Unicamp, Campinas.
10.Scaramucci, M.V.R Proficiência em língua estrangeira: considerações terminológicas e conceituais. Trabalhos em Lingüística Aplicada 36, 2000, 11-22, Unicamp, Campinas.

Projetos de Pesquisa:

1. Projeto CNPq 301151/96-2(2001-2003): O efeito retroativo da avaliação no ensino/ aprendizagem, nas atitudes de professores/alunos e na elaboração de material didático em língua estrangeira
2. Projeto de pesquisa em equipe, submetido para financiamento (1999 – 2002):Integração lingüística e cultural no Mercosul: o ensino e a aprendizagem do português língua estrangeira para hispanofalantes.

Orientações Concluídas:

Mestrado

1. A cultura de ensinar língua materna e língua estrangeira em um contexto brasileiro. Maria Ângela Abbade Chinello Reynaldi. IEL,Unicamp, 21 agosto, 1998.
2. A cultura de avaliar de professoras de LE (inglês) no contexto da escola pública. Ana Cláudia Oliveira Rolim. IEL, Unicamp, 13 de novembro, 1998.

Doutorado

1. A aprendizagem em um programa temático de língua estrangeira (Inglês) baseado em tarefas em contextos de quinta série do Ensino Fundamental. Rosely Perez Xavier, IEL, Unicamp, 30 de abril de 1999.

Orientações em Andamento:

Mestrado

1. Silvana Avelar - Avaliação negociada em LE (Inglês) e seus efeitos nas atitudes dos alunos de nível médio de uma escola técnica federal (título provisório) – defesa prevista para outubro de 2001.
2. Luciana Garutti - O efeito retroativo da avaliação no ensino da produção escrita em LE (Inglês) em um curso de línguas (título provisório) - 1999-2001.
3. Maria Amélia Bartholomeu Nader – Inglês do vestibular e seu efeito nas atitudes e motivações do aluno de nível médio (título provisório) – 1999-2001.

Doutorado

1. Lúcia Rottava - A leitura e a escrita como processos interrelacionados de construção de sentidos em contexto de ensino/aprendizagem de Português como L2 para hispano-falantes – defesa prevista para outubro de 2001.
2. Hélcio Lanzoni - A implementação de programa de avaliação contínua assistida e seus efeitos no ensino/aprendizagem de LE (título provisório) - 1999-2003.
3. Sandra Gattolin de Paula - O ensino do vocabulário na aula de leitura em LE - (título provisório) - 2000 –2004.


Paulo Roberto Ottoni

Tradução

Áreas de atuação e orientação:

1. Tradução e desconstrução
    - a questão do double bind e da différance.
    - a relação tradução-psicanálise a partir da dimensão desconstrutivista da linguagem.
    - a tradução e as relações entre línguas, idiomas e nacionalidades.
    - a escritura de Jacques Derrida e suas traduções.
2. Teoria e ensino da tradução
    - O paradoxo entre a necessidade e a impossibilidade do ensino de tradução.
    - A visão de teoria e de ensino de tradução a partir de tradutores e teóricos brasileiros.

Publicações:

Livros

1. Tradução - a prática da diferença (org). Coleção Viagens da Voz, Editora da UNICAMP - FAPESP, Campinas - SP, 1998.
2. Visão Performativa da Linguagem. Coleção Viagens da Voz, Editora da UNICAMP - Campinas - SP, 1998.

Artigos

3. Tradução Manifesta et double bind: a escritura de Jacques Derrida e suas traduções. In: TRADTERM – Revista do Centro Interdepartamental de Tradução e Terminologia – FFLCH – USP, nº 6, São Paulo, 2000, pp. 125-141.
4. A Tradução da différance: dupla tradução e double bind. In: Alfa – Revista de Lingüística - nº 44 – UNESP – S.P., 2000, pp. 45-58.
5. La traduction au manifeste et double bind. In: Trabalhos em Lingüística Aplicada nº 36 (Rumos da Pesquisa em Lingüística Aplicada no IEL), 2000, UNICAMP – Campinas, S.P., pp. 167-171.
6.Traducción recíproca, deconstrucción y double bind. In: Trabalhos em Lingüística Aplicada nº 34, 1999, UNICAMP, S.P., pp. 93-100.
7. A formação do tradutor científico e técnico: necessária e impossível. In: Actas do Seminário de Tradução Científica e Técnica em Língua Portuguesa, União Latina, Representação da Comissão Européia e Fundação para Ciência e Tecnologia - Lisboa - Portugal, 1998, pp. 92-95.
8. Traducción recíproca y double bind – desbordamiento y multiplicidad de lenguas, In: SENDEBAR – nº 8-9, Universidad de Granada, Espanha, 1997-98, pp. 81-91.
9. O papel da lingüística e a relação teoria e prática no ensino da tradução. Versão resumida e modificada In: TRADTERM - Revista do Centro lnterdepartamental de Tradução e Terminologia - FFLCH - USP, nº 4.1, 1997, São Paulo, pp.125- 139. Versão integral In: Lusorama - Zeitschrift für Lusitanistik, nº 35, março de 1998, Berlin, pp. 57-72.
10. Compreensão e Interpretação no Ato de Traduzir.- Reflexões sobre o Enuncíado e a Significação. Versão modificada In: Trabalhos em Lingüística Aplicada nº 28 - 1996, UNICAMP - Campinas, pp. l9-26. Primeira versão In: Lusorama - Zeitschrift für Lusitanistik, nº 32, março 1997, Berlin, pp. 19-27.

Projetos de Pesquisa em andamento

1. Double bind e desconstrução: a escritura de Jacques Derrida entre o intraduzível e a tradução. Pesquisa individual, inicio: dezembro de 1999, financiamento FAPESP.
2. Jacques Derrida: tradução recíproca, subversão e double bind II. Pesquisa individual, início: março de 1999, financiada pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - CNPq, processo nº 300705/98-0.

Tese de doutorado orientada e defendida

1. Luzia Aparecida de Araújo – De Big Bangs a Buracos Negros no Universo da Tradução no Brasil: Um Estudo sobre o Papel da Terminologia na Prática Tradutória e na Formação de Tradutores - Bolsa FAPESP. Defendida em 08/03/2001.

Teses de mestrado orientadas e defendidas

1. Zelina Maria Pereira Beato de Miranda – Entwurf de uma tradução: Gabbi Jr. Traduz Freud. Defendida em 01/11/ 2000.
2. Marileide Dias Esqueda – Rónai Pál: conflitos entre a profissionalização do tradutor e a teoria e prática da tradução. Defendida em 03/12/99.
3. Lúcia Maria Silva Kremer - A Tradução e o intraduzível na área da informática: do empréstimo ao transbordamento de línguas. Defendida em 20/08/99.
4. Élida Paulina Ferreira - O modelo teórico integral de tradução em Francis Henrik Aubert: entre a necessidade e a impossibilidade. Defendida em 28/08/98.
5. Norma Ragghianti Viscardi - O Duplo postulado universal-particular e a polêmica em torno da tradução de poesia: um estudo sobre a matemática da tradução poética de José Paulo Paes. Defendida em 18/06/98.
6. Olívia Augusta Niemeyer dos Santos -O Compromisso de fidelidade assumido pelo tradutor: contradições entre o declarar e o descrever nos prefácios das edições bilíngües. Defendida em 29/01/98.
7. Lucinéa Marcelino Villela - Os olhos de Léia: polêmicas entre o sagrado e o profano na tradução da Bíblia. Defendida em 16/01/1997.
8. Érica Luciene Alves de Lima - A Tradução de termos psicanalíticos: uma reflexão sobre os efeitos de tradução na transmissão e na conceituação da psicanálise. Defendida em 22/07/1996.
9. Dawn Alexis Duke - Traçando os rumos da nota do tradutor: o caso de O Mundo se Despedaça. Defendida em 10/12/1993.

Orientações em andamento

Teses de Doutorado

1. Élida Paulina Ferreira - Jacques Derrida e o Récit da Tradução: uma reflexão sobre o Survivre/Journal de Bord e seus transbordamentos. Bolsa FAPESP. Qualificação de Projeto realizada em 01/06/2001.
2. Zelina Maria Pereira Beato - Traduzir a língua de Freud: entre o necessário e o impossível.
3. Marileide Dias Esqueda – A recriação de Paulo Rónai da Comédia Humana: as interpretações e as influências das notas do tradutor.

Dissertações de Mestrado

1. Adauto Lúcio Caetano Villela – As (in)visibilidades dos tradutores: Sombra, Vestígio e Imagem. Defesa prevista para julho de 2001.
2. Vanete Dutra Santana – Charles Baudelaire: tradutor de Poe e tradutor/autor de si mesmo.
3. Gustavo Máximo - A questão da intraduzibilidade dos textos científicos e técnicos.
4. Francisco de Fátima da Silva – A critica de tradução: implicações para os estudos da tradução.
5. Rosely de Fátima Dias Almeida Barbosa – O tradutor entre o traduzível e o intraduzível de "Le Parti Pris des Choses" de Francis Ponge.
6 . Regina Maria Fonseca Ferreira – A trajetória do símbolo na tradução da psicanálise.

Iniciação Científica concluída

1. Carlos da Silva Cardoso Teixeira - Tradução de contos contemporâneos franceses de Vincent Ravalec: a busca de uma linguagem e a descoberta de várias línguas. Bolsa FAPESP. Início: novembro de 1997 - término: outubro de 1998.


Raquel Salek Fiad

Língua Materna

Áreas de atuação e orientação

1. Aquisição da linguagem escrita
    - A discussão sobre aquisição de diferentes gêneros discursivose na relação entre estilos dos gêneros e estilos individuais; pesquisa eminentemente qualitativa, apoiada metodologicamente no paradigma indiciário de investigação nas ciências humanas;
    - Discussão sobre a gênese do texto, como manifestação do processo presente na escrita.
2. O ensino de português como língua materna e a formação do professor
    - Análise do que tem sido o ensino de português, seja através de documentos escritos (documentos institucionais, materiais didáticos, textos de professores, etc.), seja através de depoimentos orais (histórias de vida, entrevistas, etc.);
    - Análise dos processos de educação continuada envolvendo principalmente os professores de alfabetização e de português, através de documentos escritos e de depoimentos orais.

Publicações:

1. Diversidade e Ensino. Leitura:Teoria e Prática. Ano 13, número 23, junho/1994. Porto Alegre, Mercado Aberto, pp.7-23.
2. Lingüística, ensino de língua materna e formação de professores. D.E.L.T.A. VOL. 12, nº 2, 1996, pp.307-326. (co-autoria).
3. Subjetividade, Alteridade: Reflexos, nas primeiras escritas, da alternância de lugares discursivos. Estudos Lingüísticos XXVI. Anais de Seminários do GEL, Campinas, SP, 1997, pp.43-53. (co-autoria).
4. Cenas de aquisição da escrita. O sujeito e o trabalho com o texto. Mercado de Letras/ALB, Campinas, SP, 1997. (co-autoria).
5. Análise de um tema em vários autores (e em várias versões). Estudos Lingüísticos XXVII. Anais de Seminários do GEL, São José do Rio Preto, SP, 1998, pp.79-84.
6. Avaliação de cartilhas e livros didáticos: perguntas a formular. Leitura:Teoria e Prática. Ano 17, número 31, junho/1998. Porto Alegre, Mercado Aberto, pp.05-26. (co-autoria).
7. Investigando a singularidade dos sujeitos no processo de aquisição da escrita. Educação em Revista, n.31, jun/2000. UFMG. Belo Horizonte (co-autoria).
8. A produção acadêmica sobre aquisição e ensino da escrita. Estudos Lingüísticos XXIX.Assis, SP, 2000, pp.492-497, (co-autoria).
9. Diários de Campo na Prática de Ensino: um gênero discursivo em construção. Leitura:Teoria e Prática. Ano 19, número 35, junho/2000. Porto Alegre, Mercado Aberto, pp.40-47. (co-autoria).
10. A argumentação em cartas produzidas por alunos de ensino médio: relação entre gênero do discurso e estilo. Trabalhos em Lingüística Aplicada 36, julho-dezembro 2000. Unicamp/IEL. Campinas, SP, pp.131-145.

Projeto de pesquisa vigente até julho/2001

A construção do estilo em um gênero em construção: análise de diários de observação de aulas. Parte do Projeto Integrado de Pesquisa (CNPq) " Subjetividade, Alteridade e Construção do Estilo: relação entre estilos dos gêneros e estilos individuais".
Bolsa de Pesquisa CNPq, categoria 2 A

Orientações

Teses de doutorado já defendidas

- Mudar o ensino de língua portuguesa no 1º grau: uma promessa que não venceu nem se cumpriu mas que merece ser interpretada. Lilian Lopes Martin da Silva. UNICAMP/Faculdade de Educação, Doutorado em Educação, 1994.
- Documentos desemboscados: conflito entre o gênero do discurso e a concepção de linguagem nos documentos curriculares de ensino de língua portuguesa. Guilherme do Val Toledo Prado. UNICAMP/IEL, Doutorado em Lingüística Aplicada, março 1999.


Dissertações de mestrado já defendidas

- Linguagem e Escola na voz dos Professores. Ludmila Thomé de Andrade. UNICAMP/IEL, Mestrado em Lingüística Aplicada, 1991.
- Redação: um caso sério. Beatriz Raposo de Medeiros. UNICAMP/IEL, Mestrado em Lingüística Aplicada. 1991.
- Memória do múltiplo e do descontínuo nos discursos de construção de um curso de Letras de formação de professores: IEL/UNICAMP. Marco Antonio Villarta Neder. UNICAMP/IEL, Mestrado em Lingüística Aplicada. 1995.
- A aprendizagem de língua portuguesa nas vozes dos calouros de Letras da UFMS. Maria Emilia Borges Daniel. UNICAMP/IEL, Mestrado em Lingüistica Aplicada. 1995.
- Escrever se aprende reescrevendo: um estudo da interação professor-aluno na revisão de textos. Sheila Vieira de Camargo Grillo. UNICAMP/IEL, Mestrado em Lingüística Aplicada. 1995.
- Tipologias Textuais: um estudo em escola de 1º grau (5ª a 8ª série) sobre formas de sua aquisição e de estratégias em seu uso. Cecília Vaz Pupo de Mello. UNICAMP/IEL, Mestrado em Lingüística Aplicada, março 1996.
- A reescrita e os indícios do desenvolvimento da escrita. Sueli Nunes Leite. Universidade Federal de Alagoas. Mestrado em Letras. (co-orientação), fev. 1996.
- Reflexões sobre o papel da escola na construção da dissertação: o caminho percorrido é pequeno. Maria Aparecida Lopes. UNICAMP/IEL, Mestrado em Lingüística Aplicada, set. 1996.
- Histórias de leitura: A formação do professor leitor. Gláucia Maria Piato Tardelli. UNICAMP/IEL, Mestrado em Lingüística Aplicada, agosto 1997.
- A redação no vestibular: uso da coletânea e intertextualidade. José Geraldo Marques. UNICAMP/IEL, Mestrado em Lingüística Aplicada, agosto 1997.
- Análises de produções escritas de alunos de terceiro grau. Silvane Aparecida de Freitas Martins. UNICAMP/IEL, Mestrado em Lingüística Aplicada, novembro 1997.
- Análise de um Projeto de Educação Continuada para professores do ensino público do Estado de São Paulo: sujeitos, discursos e instituições. Emerson de Pietri. UNICAMP/IEL, Mestrado em Lingüística Aplicada, agosto 1998.
- O dialogismo e a constituição de sujeitos na construção de um "projeto de dizer" de alunos trabalhadores. Paulo Roberto Almeida. UNICAMP/IEL, Mestrado em Lingüística Aplicada, agosto 1998.
- Formando leitores. Contando histórias. Ana Líria Sacomano. UNICAMP/IEL, Mestrado em Lingüística Aplicada, março 1999.
- Sandoval Nonato Gomes Santos. O gesto de recontar histórias: gêneros discursivos e produção escolar da escrita. UNICAMP/IEL, Mestrado em Lingüística Aplicada, dezembro 1999.
- Rosana Mara Koerner. Professora, balde é com U ou com L? O ato de mediar do professor alfabetizador. UNICAMP/IEL, Mestrado em Lingüística Aplicada, dezembro 1999.
- Márcia Helena de Melo. A apropriação de um gênero: um olhar para a gênese de textos no ensino médio. UNICAMP/IEL, Mestrado em Lingüística Aplicada, dezembro 2000.


Teses de doutorado em andamento

- Gláucia Maria Piato Tardelli. Práticas de leitura de professores: histórias de vida e formação. UNICAMP/IEL, Doutorado em Lingüística Aplicada.
- Emerson de Pietri. Por um professor/pesquisador no ensino/aprendizagem de língua materna. UNICAMP/IEL, Doutorado em Lingüística Aplicada.
- Paulo Roberto Almeida. A linguagem na constituição e projeção de identidade social de sujeitos históricos. UNICAMP/IEL, Doutorado em Lingüística Aplicada.
- Rosana Mara Koerner. Uma história da alfabetização nos planos estaduais de educação de Santa Catarina. UNICAMP/IEL, Doutorado em Lingüística Aplicada.
- Carmi Ferraz. Leitura: os saberes do professor. UNICAMP/IEL, Doutorado em Lingüística Aplicada.


Dissertações de mestrado em andamento

- Luciana Amgarten Quitzau. Vestibular Unicamp: Uma nova proposta de avaliação em Língua Portuguesa. UNICAMP/IEL, Mestrado em Lingüística Aplicada.
- Anna Carla de Oliveira Dini. Análise de cartas produzidas por alunos de ensino fundamental. UNICAMP/IEL, Mestrado em Lingüística Aplicada


Projetos de Iniciação Científica em andamento

- Celiane Mendes. UNICAMP/IEL, CNPq (Projeto Integrado "Subjetividade, alteridade e construção do estilo: relação entre estilos dos gêneros e estilos individuais").
- Patrícia Miyasaka da Silveira. UNICAMP/IEL, CNPq/PIBIC. O ensino de língua portuguesa em documentos oficiais: subsídios, guias, propostas e parâmetros curriculares.


Rosemary Arrojo

Tradução

Áreas de atuação e orientação:

1. A tradução e a reflexão pós-moderna: exploração de algumas interfaces, entre as quais destacam-se tradução e desconstrução, tradução e gênero, tradução e pós-colonialismo, tradução e poder;
2. Os estudos da tradução como disciplina emergente e suas relações com as disciplinas institucionalizadas;
3. A tradução e o tradutor como personagens de ficção.
4. O ensino de tradução e suas relações com a profissionalização do tradutor.

Publicações

I. Livros:

1. - Oficina de Tradução -- A Teoria na Prática. São Paulo, Ática, 1999 (4ª edição), 85 páginas.
2. Tradução, Desconstrução e Psicanálise. Rio de Janeiro, Imago, 1993, 210 páginas.
3. O Signo Desconstruído - Implicações para a Tradução, a Leitura e o Ensino. Campinas, Pontes, 1992, 121 páginas (organizadora e principal autora).

II. Capítulos de Livros:

1. "Interpretation as Possessive Love: Hélène Cixous, Clarice Lispector, and the Ambivalence of Fidelity". In Susan Bassnett e Harish Trivedi (orgs.), Postcolonial Translation Theory. Routledge, Nova York e Londres, 1999, pp. 141-161.
2. "Dekonstruktion". Tradução de Michaela Wolf e Annette Wussler. In Mary Snell-Hornby, Hans G. Honig, Paul Kussmaul e Peter A. Schmitt (orgs.), Handbuch Translation. Stauffenburg Verlag, Brigitte Narr Gmbh, Tubingen, Alemanha, 1998, pp. 101-102.
3. "The 'Death' of the Author and the Limits of the Translator's Visibility". In Mary Snell-Hornby, Zuzana Jettmarová e Klaus Kaindl (orgs.), Translation as Intercultural Communication -- Selected Papers from the EST Congress, Prague 1995. John Benjamins Pusblishing Company, Amsterdã e Filadélfia, 1997, pp. 21-32.
4. "Postmodernism and the Teaching of Translation". In Cay Dollerup e Vibeke Appel (orgs.), Teaching Translation and Interpreting 3 – New Horizons (Papers from the Third Language International Conference, Elsinore, Denmark, 9-11 June 1995), John Benjamins Pusblishing Company, Amsterdã e Filadélfia, 1996, pp. 97-103.

III. Ensaios em revistas especializadas, anais de congresso, jornais, etc.:

1. "Os 'Estudos da Tradução' como Área de Pesquisa Independente: Dilemas e Ilusões de uma Disciplina em (Des)Construção", D.E.L.T.A., Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, S.P., vol. 14, nº 2, 1998, pp. 423-454.
2. "The Revision of the Traditional Gap between Theory & Practice & the Empowerment of Translation in Postmodern Times". In The Translator, Studies in Intercultural Communication, volume 4, number 1, 1998, St. Jerome Publishing, pp. 25-49.
3. "Literature as Fetishism: Some Consequences for a Theory of Translation". In Meta -- Journal des traducteurs, Translator's Journal, Les Presses d l'Université de Montréal, vol. 41, nº 2, juin 1996, pp. 208-216.

Projeto de pesquisa em andamento:

"Controle, Prescritivismo e a Ameaça de Babel: A Resistência à Interferência Autoral do Tradutor, na Teoria, no Ensino e na Ficção", projeto de pesquisa individual patrocinado pelo CNPq (ref. 304543/89.6RN), bolsa de produtividade, 01/03/2000 a 28/02/2002.

Orientação de teses:

I. Teses defendidas e monografias concluídas:

1- Silene Moreno – Tese de Doutorado: "Ecos e Reflexos: A Construção do Cânone de Augusto e Haroldo de Campos a partir de Suas Concepções de Tradução", Programa de Pós-Graduação em Lingüística Aplicada, I.E.L., UNICAMP, Campinas, São Paulo. Defesa: 30/01/2001.
2. Patrícia Stafusa Sala Battisti - Tese de Mestrado: "A Crítica de Tradução em Antoine Berman: Reflexo de uma Concepção Anti-Etnocêntrica de Tradução", Programa de Pós-Graduação em Lingüística Aplicada, I.E.L., UNICAMP, Campinas, São Paulo. Defesa: 04/02/2000.
3. Paulo Sampaio Xavier de Oliveira - Tese de Doutorado: "A Televisão como 'Tradutora': Veredas do Grande Sertão na Rede Globo", Programa de Pós-Graduação em Lingüística Aplicada, I.E.L., UNICAMP, Campinas, São Paulo. Defesa: 26/02/1999.
4. Maria Paula Frota - Tese de Doutorado: "A 'Singularidade' na Escrita Tradutora: Linguagem e Subjetividade nos Estudos da Tradução, na Lingüística e na Psicanálise", Programa de Pós-Graduação em Lingüística, I.E.L., UNICAMP, Campinas, São Paulo. Defesa: 10/02/1999.
5. Cristina Carneiro Rodrigues - Tese de Doutorado: "Tradução e Diferença: Uma Proposta de Desconstrução da Noção de Equivalência em Catford, Nida, Lefevere e Toury", Programa de Pós-Graduação em Lingüística, I.E.L., UNICAMP, Campinas, São Paulo. Defesa: 16/02/1998.
6. Thomas William Nerney -- Monografia: "O Messianismo de Walter Benjamin em 'A Tarefa do Tradutor'". Curso de Especialização em Tradução, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo. Conclusão 30 de abril de 1997.
7. Sonia Violeta B. de Faria -- Monografia: "Eficiência ou Eficácia na Tradução Técnica", Curso de Especialização em Tradução, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo. Conclusão 30 de abril de 1997.
8. Maria Aparecida Fernandes -- Monografia: "Tradução e Desconstrução: Um Projeto Nihilista?", Curso de Especialização em radução, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo. Conclusão 30 de abril de 1997.
9. Neuza Lopes Ribeiro Vollet - Tese de Mestrado: "Ser ou Não Ser Pornográfico, Eis a Questão: O Tratamento da Linguagem Obscena em Traduções Brasileiras do Hamlet", Programa de Pós- Graduação em Lingüística Aplicada, I.E.L., UNICAMP, Campinas, São Paulo. Defesa: 23 de abril de 1997.
10. Raffaella de Filippis Quental - Tese de Mestrado: "A Dicotomia Tradicional Teoria/Prática no Ensino de Tradução: Suas Manifestações, Sua Matriz Teórica e Seus Efeitos para a Formação de Tradutores", Programa de Pós-Graduação em Lingüística Aplicada, I.E.L., UNICAMP, Campinas, São Paulo. Defesa: 8 de maio de 1995.
11. Luzia Aparecida de Araújo - Tese de Mestrado: "Por que Os Computadores Não São Capazes de Traduzir? Uma Resposta a partir de uma Concepção Pós-Estruturalista de Tradução", Programa de Pós-Graduação em Lingüística Aplicada, I.E.L., UNICAMP, Campinas, São Paulo. Defesa: 1º de julho de 1993.
12. Nícia Adan Bonatti - Tese de Mestrado: "A Brief History of Time, de Stephen Hawking: Uma Breve História da Construção de Sentidos em Algumas Comunidades Interpretrativas", Programa de Pós-Graduação em Lingüística Aplicada, I.E.L., UNICAMP, Campinas, São Paulo. Defesa: 03 de junho de 1993.
13. Giana Maria Gandini Giani - Tese de Mestrado: "A Tradução como Diferença: Um Estudo sobre The Catcher in The Rye, O Apanhador no Campo de Centeio e Uma Agulha no Palheiro", Programa de Pós-Graduação em Lingüística Aplicada, I.E.L., UNICAMP, Campinas, São Paulo. Defesa: 25 de novembro de 1992.
14. Lenita Rimoli Esteves - Tese de Mestrado: "As Bruxas de Macbeth no Original e em Quatro Traduções Brasileiras: Uma Inquisição das Diferenças", Programa de Pós-Graduação em Lingüística Aplicada, I.E.L., UNICAMP, Campinas, São Paulo. Defesa: 26 de outubro de 1992.
15. Thelma Médici Nóbrega - Tese de Mestrado: "On The Road X Pé na Estrada: As Estradas do Imaginário em Tradução", Programa de Pós-Graduação em Lingüística Aplicada, I.E.L., UNICAMP, Campinas, São Paulo. Defesa: 19 de agosto de 1991.
16. Sandra M. Ferreira Castro - Tese de Mestrado: "O Ensino da Leitura como Reflexo de Teorias Lingüísticas de Leitura: Uma Crítica", Programa de Pós-Graduação em Lingüística Aplicada, I.E.L., UNICAMP, Campinas, São Paulo. Defesa: 6 de dezembro de 1988.

II. Teses em Fase de Orientação:

1. Neuza Lopes Ribeiro Vollet - Tese de Doutorado, Programa de Pós-Graduação em Lingüística Aplicada, I.E.L., UNICAMP.
2. Giana Salgado – Tese de Doutorado, Programa de Pós-Graduação em Lingüística Aplicada, I.E.L., UNICAMP.
3. Ruth Bohunovsky - Tese de Doutorado, Programa de Pós-Graduação em Lingüística Aplicada, I.E.L., UNICAMP.
4. Ana Maria Siqueira – Tese de Mestrado, Programa de Pós-Graduação em Lingüística Aplicada, I.E.L., UNICAMP.
5. Eduardo Pereira e Ferreira - Tese de Mestrado, Programa de Pós-Graduação em Lingüística Aplicada, I.E.L., UNICAMP.


Silvana Mabel Serrani-Infante

Áreas de Concentração

Língua Estrangeira e Segunda Língua (Área Principal de Atuação).
Língua Materna (Análises Discursivas Relativas à Área Aplicada dos Estudos da Linguagem).

Subárea(s) específicas em que ensina, orienta e publica:
1. Ensino-Aprendizagem de Língua Estrangeira e Segunda Língua: abordagem discursiva de diferentes componentes desse processo. Foco principal na escrita e na leitura em língua estrangeira.
2. Especificidades do Ensino-Aprendizagem do Espanhol para Brasileiros.

Publicações:

Livros e Volumes Organizados:

1. 2001 Serrani-Infante, S. (Org.) Discursividade e Pedagogia de Línguas. Volume da revista Fragmentos, Florianópolis. Ed. da UFSC.
2. 1997 (2a. Ed. ) Serrani, S. A Linguagem na Pesquisa Sociocultural. Um Estudo da Repetição na Discursividade. Campinas: Editora da Unicamp, (1a. Edição: 1993), 152 págs.

Capítulos de Livro:

3. 1999 Serrani-Infante, S. "Discurso e Aquisição de Segundas Línguas: Proposta AREDA de Abordagem". In Os Múltiplos Territórios da Análise do Discurso, F. Indursky e Maria C. Leandro Ferreira (Orgs.) Porto Alegre, RS: Sagra Luzzatto, pp.281-300.
4. 1998 Serrani-Infante (em colaboração com Edna Norder)"Língua(s), Discurso e Subjetividade: Teoria e Prática no Ensino-Aprendizagem de Escrita". In Lingüística e Ensino de Língua Materna, L. Cabral e E. Gorsky( Orgs.), Ed. Insular, Florianópolis, pp.199 - 221.
5. 1994 Serrani, S. "An Encounter between the Ethnographic Approach and Discourse Analysis". In Explorations in Socio-Cultural Studies vol. I: Historical and Theoretical Discourse. J. Vaalsiner e A. Rosa (Ed.) Madrid, Ed. Inf. y Aprendizaje, pp. 120-128.

Artigos em revistas especializadas:

6. 2001 Serrani-Infante, S. "Resonancias discursivas y cortesía en prácticas de lecto-escritura". Revista D.E.L.T.A, Vol. 17.1. São Paulo: Educ.
7. 2000 Serrani-Infante, S. "Singularidade Discursiva na Enunciação em Segundas Línguas". Cadernos de Estudos Lingüísticos 38, Campinas, pp. 109-120.
8. 1997 Serrani-Infante, S. "Formações Discursivas e Processos Identificatórios na Aquisição de Línguas". Revista D.E.L.T.A, Vol. 13, No 1. São Paulo, Educ, pp. 63-81.
9. 1994 Serrani-Infante, S. "Análise de Ressonâncias Discursivas em Micro-cenas para Estudo da Identidade Lingüístico-Cultural". Revista Trabalhos em Lingüística Aplicada 24. Campinas , pp. 79-90.
10. Serrani-Infante, S. 1992 "La Lengua como Metáfora de la Nación (El Español Rioplatense". Revista Signo y Seña 1. Buenos Aires, Ed. da UBA, Argentina, pp. 29-51.

Projetos de Pesquisa

2001-2003 Serrani-Infante, S. (Projeto apoiado pelo CNPQ, processo 304642/89-4): "Contexto-Fonte, discurso e Subjetividade na Escrita e Reescrita em Língua Estrangeira (O Caso de Resenhas e Relatórios em Espanhol)".

1999-2001 Serrani-Infante, S. (Projeto apoiado pela FAPESP, processo 99/05250-6): "Fatores Não Cognitivos, Processo Discursivo e Materialidade Lingüística na Produção Escrita em Língua Estrangeira- Espanhol".

1998-2001 Serrani-Infante, S.: "Análise de Estratégias de Compreensão da Escrita em Espanhol por Brasileiros". (Apoio CAPES-COFECUB, processo: 235/98. Projeto em fase final de desenvolvimento). Componente da pesquisa desenvolvida em convênio com a Universidade Stendhal-Grenoble III,França.Tema Integral do Projeto Conjunto: "Análise de Estratégias de Compreensão da Escrita em Língua Materna e Língua Estrangeira" Coordenadores Gerais: A. Kleiman (Brasil); F. Grossmann (França).

Teses e dissertações orientadas e defendidas

1. 2000 Ana Sílvia Andreu Fonseca, "Além da Inadequação Gramatical: Visão Discursiva das Instabilidades do ‘Eu’ em Aprendizes de Língua Estrangeira." Dissertação de Mestrado defendida em 22/12/ 00.
2. 2000 Wilton James dos Santos, "Relação Sujeito/Língua no Ensino de Língua portuguesa no Brasil". Dissertação de Mestrado defendida em 3/10/00.
3. 1999 Maristela Fantucci de Paula Pavanello, "Representações do Universo Feminino em Livros Didáticos de Língua Estrangeira". Mestrado defendido em 14/12/99.
4. 1999 Heidi Soraia Berg, "A Língua Estrangeira que Já Foi Materna: A Pedagogia de LE em Blumenau, SC". Dissertação defendida em 16/12/99.
5. 1999 Elizabete Francisca de Oliveira Pereira, "A Escrita em Língua Estrangeira: uma Heterogeneidade de Dizeres". Defendida na Univ. Federal. De Goiás, em 27/02/99.
6. 1998 Ana Emília Nogueira Fajardo, "Ensino-Aprendizagem de Língua Estrangeira para Adolescentes: Representações do Discurso Pedagógico e da Escrita". Dissertação de Mestrado defendida em 17/12/98.
7. 1997 Edna Maria Norder Stracçalano, "Voltas Meta-Enunciativas e Inscrição do Sujeito na Escrita em Língua Estrangeira". Dissertação de Mestrado defendida em 8/08/97.
8. 1997 Frank Rüdiger Schnell , "Análise de Fatores Discursivos e Sócio-Culturais na Aquisição de Segunda Língua; Uma Contribuição para o Ensino de Alemão em Empresas Brasileiras". Dissertação de Mestrado defendida em 5/03/97.

Teses e dissertações em andamento

1. Maralice de Souza Neves, "Avaliação da Produção Oral em Inglês (LE) na Perspectiva do Processo Discursivo". Nível: Doutorado. Qualificado em 17/12/99.
2. Débora Cristina Mantelli Baghin, "Discurso e Contradição no Processo de Assumir a Posição Subjetiva de Professor de Língua Estrangeira nos Cursos de Formação". Nível: Doutorado, qualificado em 20/12/99.
3. Sergio Flores Pedroso. "Valores Discursivos e Culturais no Livro Didático de Espanhol Língua Estrangeira". Nível: Doutorado, em andamento.


Sylvia Bueno Terzi

Língua Materna / Língua Estrangeira e Segunda Língua

1. Letramento e leitura em LM
    - O processo de letramento em sala de aula: características e fatores influenciadores
    - O processo de letramento de comunidades: características e fatores influenciadores
    - O processo de leitura em LM: características e fatores influenciadores
2. Leitura em LE
    - Leitura em LM e LE: influências recíprocas
    - Desenvolvimento da leitura em LE: fatores facilitadores e inibidores

Publicações

1. TERZI, S. (2000) Para que ensinar a ler o jornal se não há jornal na comunidade?: O letramento simultâneo de jovens e adultos escolarizados e não escolarizados. In: V. MASAGÃO (org.) Educação de Jovens e Adultos: novos leitores, novas leituras. Campinas: Ação Educativa/ALB/Mercado de Letras
2. TERZI, S. (1999) O letramento no Curso de Magistério e sua reprodução no Ensino Fundamental. Revista de Educação no. 2, vol. 2.: 91-105. Faculdade de Educação de Pirassununga.
3. TERZI, S. (1995) A construção da leitura: uma experiência com crianças de meios iletrados. Campinas: Pontes/Editora da Unicamp.
4. TERZI, S. (1995) A oralidade e a construção da leitura por crianças de meios iletrados. In: A.B. KLEIMAN (org.) Os significados do letramento. Campinas: Mercado de Letras.
5. TERZI, S. (1994) O desenvolvimento do letramento em situações de interação bicultural. In: Trabalhos em Lingüística Aplicada 23: 107-120.
6. TERZI, S. (1992) Processos de relevância no texto jornalístico: títulos enviesados e tangenciais. In: Trabalhos em Lingüística Aplicada 20: 119-131. UNICAMP.
7. TERZI, S. (1990) A interação em sala de aula e sua influência no esquema de perguntas e respostas das crianças. In: Trabalhos de Lingüística Aplicada 16: 115-125. UNICAMP.
8. TERZI, S. (1985) Fatores condicionantes da tarefa de resumos: maturidade ou condições da tarefa? (co-autoria) In: DELTA 1.2: 17-36. PUC/SP.
9. TERZI, S. (1985) The role of previous knowledge on foreign language learning: culturally based expectations (co-autoria) Anais do VI ENPULI, 66-80. UFPE.
10. TERZI, S. (1984) Propostas de aquisição das regras de redução semântica: um exame crítico. In: Trabalhos em Lingüística Aplicada 4: 37-46. UNICAMP.

Projetos de pesquisa vigentes

Formação de alfabetizadores: relevância e conseqüências pedagógicas do letramento

O letramento de jovens e adultos escolarizados e não escolarizados de um pequeno município do nordeste: características e fatores determinantes.

Orientação

Teses e dissertações já defendidas

1. Dissertação: Leitura no Segundo Grau: a apropriação como processo de construção da macroestrutura do texto. Autora: Carmen Helena Moscoso Lobato. Defesa: 1995.
2. Dissertação: O papel da intertextualidade na construção da leitura crítica. Autora: Ana Lúcia de Campos Almeida. Defesa: 1999.

Teses e dissertações em andamento

1. Tese: A leitura de textos argumentativos em estrutura não padrão na escola: uma prática necessária à formação do aluno-leitor. Autora: Rosa Maria de Souza Brasil
2. Dissertação: A formação de alfabetizadores e as necessidades de letramento de jovens e adultos não escolarizados. Autora: Valdenice Souza Lima. Agência Financiadora: CAPES
3. Dissertação: Grafite: uma nova forma de letramento dos excluídos. Autora: Rosileni Pelaes de Morais. Agência Financiadora: CAPES.