Instituto de Estudos da Linguagem - IEL
Loading
Página inicial | Contato | Mapa do site | WEBMAIL | Serviços
Institucional Institucional | Graduação | Pós-graduação | Pesquisa | Publicações | Extensão | Biblioteca | CEDAE | Informática | Departamentos
 
Diretoria
Docentes
Funcionários
Regimento
Congregação
   Regimento
   Membros
   Documentos
   Calendário
Conselho Inter-
departamental
   Membros
   Calendário
Planes
História
Endereço
Telefones & E-mails
Números gerais
Relatório de Gestão
Eventos
RH-Normas
CSARH
   Membros
   Agenda
   Normas
   Informativos
   Atas
   CRH
 
Docente

Márcio Orlando Seligmann Silva

Departamento de Teoria Literária

Curriculum Lattes
Formação Acadêmica / Grupo(s) de Pesquisa
Página pessoal
Projeto Temático FAPESP "Escritas da Violência"

Área(s) de atuação e orientação

Teoria e Crítica Literárias
História e Historiografia Literárias
Literatura Geral e Comparada
Literatura e Outras Produções Culturais

Textos disponíveis

A construção da memória do terror na Argentina
A escritura da memória: mostrar palavras e narrar imagens
A história como trauma
A porta estreita pela qual pode entrar o Messias
A repetição diferente
ADORNO: FILOSOFIA COMO MEIO DE CRÍTICA E REMEMORAÇÃO
Anistia e (in)justiça no brasil: o dever de justiça e a impunidade
Antimonumentos: trabalho de memória e de resistência
Após o "violento abalo". Notas sobre a arte - relendo Walter Benjamin
Arte, crítica e crítica como arte - acerca do conceito de crítica em F. Schlegel e Novalis
Arte, dor e Kátharsis ou variações sobre a arte de pintar o grito
Arthur Bispo do Rosário: a arte de “enlouquecer” os signos
As utopias de Flusser
Auschwitz: história e memória
Baudelaire e sua resistência irônica ao capitalismo
Catástrofe, história e memória em Walter Benjamin e Chris Marker: a escritura da memória
Coisas e Anjos de Rilke e o desafio da tradução
Compaixão animal
De Flusser a Benjamin – do pós-aurático às imagens técnicas
DO ASSASSINATO COMO UMA DAS BELAS ARTES, DE THOMAS DE QUINCEY, OU QUANDO A ÉTICA SE TORNA ...
Do gênio da língua ao tradutor como gênio
Do utopismo iluminista ao (anti)utopismo romântico: a crítica romântica da razão utópica
Espaço, aceleração e amnésia: A arte como dispositivo de (re)inscrição
Estética e política, memória e esquecimento: novos desafios
Ficção e imagem, verdade e história: sobre a poética dos rastros
Filosofia da tradução - tradução de filosofia: o princípio da intraduzibilidade
Fotografia como arte do trauma e imagem-ação: Jogo de espectros na fotografia de desaparecidos das d
Freud e uma nova origem da espécie. O centenário de "Totem e tabu"
Friedrich Schlegel e Novalis: Poesia e Filosofia
Globalização, Tradução e Memória
Grande Sertão: Veredas como gesto testemunhal e confessional
Haroldo de Campos: Tradução como Formação e ‘Abandono’ da Identidade
Imagens do trauma e sobrevivência das imagens: sobre as hiperimagens
Imagens precárias: inscrições tênues de violência ditatorial no Brasil
Izabela Maria Furtado Kestler: Exílio e Literatura. Escritores de fala alemã durante a época do ...
Judeu-brasileiro: traduzindo um passado em um contexto hospitaleiro/hostil
La repetición diferente
LEILA DANZIGER E EUGENIA BEKERIS: UM DÍPTICO SOBRE A NOVA ARTE DA MEMÓRIA
Literatura da Shoah no Brasil
Literatura e Ficção Científica: Mal-Estar na Cultura e Biopolítica
Literatura e trauma
LITERATURA Y FICCIÓN CIENTÍFICA: MALESTAR EN LA CULTURA Y BIOPOLÍTICA
Mal-estar na cultura: corpo e animalidade em Kafka, Freud e Coetzee
Más allá de lo “propio”: sobre la crítica y la necesidad de los Estudios Culturales
Narrar o trauma - A questão dos testemunhos de catástrofes históricas
Novos escritos dos cárceres: uma análise de caso. Luiz Alberto Mendes, Memórias de um sobrevivente
O Golem: Entre a técnica e a magia, aquém da bioética
O local do testemunho
Para uma filosofia do exílio: A. Rosenfeld e V. Flusser sobre as vantagens de não se ter uma pátria
PAZ PERPÉTUA — GUERRA SEM FIM: VISÕES DA EUROPA EM FRIEDRICH SCHLEGEL E NOVALIS
Photography as the art of trauma and image-action. Light game in the photographs of missing peop...
Sobre a beleza do feio e a sublimidade do mal
Sobre a passagem do registro da cordialidade para o da hostilidade: o caso Paul Celan - Claire Goll
Sobre o anarquivamento – um encadeamento a partir de Walter Benjamin
Sombras e Luzes: Reprodução técnica e os rastros efêmeros do desaparecimento na obra de Regina ...
Teoria e software: reflexões sobre a divisão de trabalho nas letras ontem e hoje
Testemunho e a Política da Memória: O Tempo depois das Catástrofes
The Tradition of Comparison of Arts
Um tradutor é um escritor da sombra? Variações sobre a ontologia da tradução
Verdades sublimes: Lacoue-Labarthe e a tradição do belo sublime
VILÉM FLUSSER: ENTRE A TRADUÇÃO COMO CRIAÇÃO DE SI E A PÓS-TRADUÇÃO
VILÉM FLUSSER: FILOSOFIA DO EXÍLIO E LEITURA DE UM PAÍS CHAMADO BRASIL
Violência e cinema
Violência, encarceramento, (in)justiça: memórias de histórias reais das prisões paulistas
Walter Benjamin e a fotografia como segunda técnica
Walter Benjamin e a tarefa da crítica
Walter Benjamin e os sistemas de escritura
Walter Benjamin: o Estado de Exceção entre o político e o estético
‘Zeugnis’ e ‘Testimonio’: um caso de intraduzibilidade entre conceitos
“Alles ist Samenkorn": O germanista Haroldo de Campos
“Como um Raio Fixo" - Goethe e Winckelmann: O Classicismo e suas Aporias
“O esplendor das coisas”: o diário como memória do presente na Moscou de Walter Benjamin
“UM AFOGADO SONHANDO COM SALVAÇÃO”: A DOUTRINA DAS PORTAS EM FRANZ KAFKA

Contato

Bloco IVa - Pavilhão Docentes - andares superiores
Sala D.2.04 - Sala de Docente
Telefone(s): 35211760
m.seligmann@uol.com.br