Linguística - Noturno - 1o semestre de 2013

DISCIPLINANOME
HL121-CFonética, fonologia e morfologia

HORAS SEMANAIS
TeóricasPráticasLaboratórioOrientaçãoDistânciaEstudo em CasaSala de Aula
22000 04
No. semanasCarga horária totalCréditosExameFrequênciaAprovação
15604S75N

Ementa:
Conhecimento básico de fonética, fonologia e morfologia do português: teoria e prática. Mód 1: Fonética: a produção da fala - processos aerodinâmicos, fonatórios e articulatórios. Modos e lugares de articulação. Prática de produção e transcrição. Mód 2: Fonologia: a organização dos sons da fala em sistemas fonológicos - fonema, alofone e arquifonema. Mód 3: Morfologia: morfologia flexional e derivacional do português; processos morfofonêmicos.

Objetivos:
Apresentar aos alunos uma breve introdução dos mecanismos da produção da fala, o funcionamento dos segmentos em unidades distintivo-funcionais e a organização interna dos vocábulos, tomando como base o sistema da língua portuguesa. Elencar as múltiplas possibilidades dos estudos fonéticos, fonológicos e morfológicos.

Programa:
I. Módulo Fonética
- Princípios de fonética articulatória. O aparelho fonador humano. Diagramas estáticos de representação articulatória. Exercícios.
- Sistemas de notação: ortográfica, fonética e fonológica. O Alfabeto Fonético Internacional (AFI/IPA). Exercícios.
- Tipos articulatórios. Consoantes e vogais. A sílaba e os elementos suprassegmentais. Exercícios.

II. Módulo Fonologia
- Fonética e Fonologia Fonema, fones e alofones.
- Introdução à análise fonológica. Exercícios.
- A sílaba. Estrutura interna da sílaba. Os tipos de sílabas nas línguas naturais.
- Fonema e traços distintivos. Abordagem linear e não-linear. Exercícios.

III. Módulo Morfologia
- O que é morfologia?
- A unidade palavra: critérios de identificação. Palavras simples e palavras complexas. Exercícios.
- Processos de formação de palavras. O morfema. Tipos de morfema. Alomorfias. Exercícios.
- Flexão e derivação. Composição. Exercícios.

Bibliografia:
ASHBY, Patricia 2011. Understanding phonetics. Great Britain: Hodder Education.
BARROSO, Henrique 1999. Forma e substância da EXPRESSÃO da língua portuguesa. Lisboa: Almedina.
BICKFORD, Anita C.; FLOYD, Rick 2006. Articulatory phonetics. Tools for Analyzing the World’s Languages. Dallas, Tx.: SIL International.
BISOL, Leda (org.) 2005. Introdução a estudos de fonologia do português brasileiro. Porto Alegre: EDIPUCRS.
BURQUEST, Donald A. 1998. Phonological Analysis. A functional approach. Dallas, TX: SIL.
CAGLIARI, Luiz Carlos 2002. Análise Fonológica. Campinas: Mercado de Letras.
-------. 2007. Elementos de fonética do Português Brasileiro. São Paulo: Paulistana.
CORBERA MORI, Angel 2012. Fonologia. In Fernanda Mussalim; Anna Christina Bentes (orgs.). Introdução à linguística, vol. 1, pp.157-191. São Paulo: Cortez Editora.
DENHAM, Kristin; LOBECK, Anne 2013. Linguistics fo Everyone. An introduction. Boston, MA.: Wadswoth.
EDWARDS, Mary Louise 1986. Introduction to Applied Phonetics. Laboratory Workbook. Boston: Allyn and Bacon.
FARIA, Isabel Hub et al (orgs.). 1996. Introdução à Linguística Geral e Portuguesa. Lisboa: Editorial Caminho.
GONÇALVES, Carlos Alexandre 2011. Iniciação aos estudos morfológicos. Flexão e derivação em português. São Paulo: editora Contexto.
HAYES, Bruce 2009. Introductory phonology. Blackwell.
HYMAN, Larry M. 1981. Fonología. Teoría y análisis. Madrid: Paraninfo.
LADEFOGED, Peter 1993. A course in phonetics. New York: Harcourt Brace College Publishers.
MARCHAL, Alain; REIS, César 2010. Produção da fala. Belo Horizonte: UFMG.
MATEUS, Maria Helena Mira et al (orgs.). 1990. Fonética, fonologia e morfologia do Português. Lisboa: Universidade Aberta.
-------. 2003. Gramática da língua portuguesa. Lisboa: Caminho.
MUSSALIM, Fernanda; BENTES, Anna Christina (orgs.) 2012. Introdução à linguística 1. São Paulo: Cortez Editora.
NATHAN, Geoffrey S. 2008. Phonology. A cognitive grammar introduction. John Benjamins.
ROCHA, Luiz Carlos de Assis 2008. Estruturas morfológicas do Português. São Paulo: Martins Fontes.
ROSA, Maria Carlota 2000. Introdução à morfologia. São Paulo: Contexto.
SILVA, Thaïs Cristófaro 2001. Fonética e fonologia do Português. São Paulo: Contexto.
-------. 2003. Exercícios de fonética e fonologia. São Paulo: Contexto.
TRUBEZKOY, N. S. 1973. Principios de fonología. Madrid: Editorial Cincel.

Critérios de Avaliação:
- Cada módulo será avaliado separadamente
- As provas consistirão em análise de dados.