Apresentação

Desde seu credenciamento em 1987 no Mestrado e em 1993 no Doutorado, o Programa de Pós-Graduação em Linguística Aplicada (PPG-LA) vem investindo em atividades de pesquisa, docência e formação de pesquisadores qualificados para refletir sobre os diferentes usos da linguagem, atentos ao surgimento de novos objetos de estudo, abordados por teorias que consideram a inevitabilidade da mudança e reafirmando perspectivas que se querem transitivas, transformadoras e éticas. Alimentadas por diferentes tendências teórico-metodológicas, nossas áreas e linhas do permitem traçar um panorama histórico da Linguística Aplicada no Brasil.

O Programa mantém a ênfase nas inter-relações entre áreas e linhas, o que reafirma a natureza interdisciplinar das pesquisas em Linguística Aplicada. A recusa da visão redutora de mera aplicação de teorias linguísticas permite que o programa invista, cada vez mais, em modalidades complexas nas quais nossos pesquisadores intervêm como autores, favorecendo a constituição de espaços sociais de educação, formação e pesquisa, mas também de uso e criação de mídias, políticas e novas tecnologias - espaços discursivamente construídos e, portanto, constantemente tensionados, o que fomenta o desafio de fronteiras teóricas e metodológicas de investigação. A preocupação com o uso de tecnologia nas práticas de ensino e pesquisa inclui também o enfoque dado aos novos letramentos.

Evidenciam a pertinência e consistência da pesquisa desenvolvida no programa o crescente investimento na internacionalização dos corpos docente e discente; os estágios pós-doutorais, palestras e cursos no exterior; os convênios com instituições de pesquisa internacionais; o apoio concedido aos projetos na forma de Bolsas de Produtividade em Pesquisa do CNPq; os auxílios concedidos para capital e custeio de projetos por outras agências de apoio à pesquisa e instâncias universitárias ou educacionais externas ao Programa, e o auxílio financeiro para apresentação de resultados em eventos científicos. O PPG-LA se caracteriza, também, pela qualidade de sua infraestrutura, pela transparência de suas ações e pela maturidade científica de seu corpo docente, características essas que justificam a alta demanda por vagas em nosso Programa de Pós-Graduação.

Além de buscar a excelência das atividades de ensino e pesquisa, com a ampliação de áreas de interesse já consolidadas e abertura para trabalhos inovadores na área – como os que propõem interfaces com as questões textuais, as tecnologias informáticas e as terminologias das linguagens especializadas –, o Programa constitui-se em um espaço privilegiado de qualificação de profissionais de Letras e de outros campos do saber com interesse nos estudos de linguagem. Mais precisamente, nosso objetivo é formar mestres e doutores que saem preparados para atuar como pesquisadores e/ou docentes de nível superior em qualquer instituição do país, uma vez que o Programa é referência consolidada na formação de recursos humanos na área, com ex-alunos atuando em instituições federais e estaduais de norte a sul do Brasil.

O PPG-LA busca cada vez mais fortalecer o compromisso com a integração entre a Graduação e a Pós-Graduação, visando também a sempre acentuar o interesse dos alunos por pesquisa em Linguística Aplicada. Ações nessa direção envolvem, entre outras, eventos internos com a participação alunos de graduação, como é o caso do SePeG - Seminário de Pesquisa da Graduação do Instituto de Estudos da Linguagem e no Congresso Interno de Iniciação Científica da Unicamp; e o Programa voltado à formação dos graduandos do IEL, por meio do Programa de Estágio Docente (PED), do qual participam alunos de pós-graduação de nosso programa.

A relação do PPG-LA com a comunidade acadêmica e a sociedade se expressa em sua atuação como difusores e multiplicadores de conhecimentos. Entre essas atividades destaca-se a coordenação e a oferta de Cursos de Extensão e de Especialização no IEL-Unicamp e a participação em projetos de inserção de alunos da escola pública como o Programa de Formação Interdisciplinar Superior (Profis,  http://www.profis.prg.unicamp.br/), um curso piloto de ensino superior da Unicamp, voltado aos estudantes que cursaram o ensino médio em escolas públicas de Campinas. Anualmente são selecionados estudantes para 120 vagas, e a seleção é feita com base nas notas do ENEM. Destaquem-se, também, os projetos desenvolvidos por docentes do Programa, em conjunto com alunos de graduação, para produção de material didático colocado à disposição de professores do ensino público e privado, além da produção bibliográfica dos docentes que inclui frequentemente a preparação de edições destinadas ao Ensino Médio, na modalidade regular e Educação de Jovens e Adultos (EJA).

A participação expressiva de nosso Programa em cursos voltados para o exercício da docência em áreas como as de Educação Infantil, Educação de Jovens e Adultos, Educação Escolar Indígena e Educação Especial, bem como na elaboração de cursos e materiais para o ensino presencial e a distância, permite que esse conhecimento tenha impacto e relevância sociais e educacionais mais amplos, e não apenas do ponto de vista acadêmico. Destaque-se ainda o trabalho do subprojeto Letras do Programa de Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID Unicamp), coordenado por docente do PPG-LA, junto a outros docentes do IEL, dedicado à formação docente dos graduandos em Letras, que se inserem no contexto profissional escolar em caráter de residência pedagógica, sob a supervisão de professores das escolas públicas parceiras. Atendendo anualmente a centenas de alunos, o PIBID envolve a implementação de projetos didáticos na área de linguagem e a tornar públicos os resultados e análises, do que resulta a participação em eventos, produção de artigos e materiais didáticos, tanto por parte de licenciados quanto de professores das escolas e coordenadores.  

A revista Trabalhos em Linguística Aplicada – TLA (ISSN 0103-1813), produzida em nosso Departamento é um meio de difusão social do conhecimento e confere visibilidade ao Programa. A TLA encontra-se hospedada na plataforma SCIELO - Scientific Library on Line desde janeiro de 2008 e seus artigos estão disponíveis para consulta na Internet. Na avaliação de periódicos da Capes de 2015, a revista manteve a classificação A1. 

. Rua Sérgio Buarque de Holanda, no 571
Campinas - SP - Brasil
CEP 13083-859
Telefone: 55-19-3521.1502

...